segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Vencedores e perdedores da eleição em Jataúba - Por Jota Silva

As eleições 2018 deixaram muitas lições no cenário político nacional, em Jataúba no Agreste de Pernambuco os dois principais grupos liderados pelo prefeito Antônio de Roque (MDB) e Fábio Mamão (PDT) foram desbancados pela terceira via liderada pelo ex-vereador Chico de Irineu e pelo empresário Boy que fizeram majoritários todos os seus candidatos desde os deputados até os senadores. Para o governo do estado Paulo Câmara que teve o apoio no município do prefeito e de Mamão venceu Armando com uma diferença mínima de 54 votos o que em termos proporcionais dá pra se considerar também uma derrota dos dois principais grupos.

Sem dúvidas o grupo da terceira via foi o grande vencedor das eleições em Jataúba e na região, depois de uma campanha difícil em 2016 o grupo deu a volta por cima e desponta como favorito para as eleições de 2020, o poder de articulação e junção política foi fundamental para que o grupo atraísse adeptos tanto do grupo de Mamão como de Antônio de Roque e conseguisse o que para muitos era improvável. Outro fator fundamental foi o volume de campanha que sem dúvidas foi um diferencial, a exploração da mídia foi uma jogada de mestre e os resultados apareceram mostrando também que a população jataubense anseia por mudanças no seu quadro político.

O prefeito Antônio de Roque foi o maior derrotado na disputa, com a máquina na mão, um grupo coeso e exercendo o seu quinto mandato como prefeito viu a sua hegemonia descer por água abaixo e agora tentará juntar os cacos para fazer seu sucessor em 2020, Roque que adotou um tom moderado durante essa campanha não explorou a mídia, e só colocou o bloco na rua nas últimas duas semanas, o resultado sem dúvidas foi desastroso para o prefeito que tentará manter a maioria dos seus vereadores na câmara já que a vantagem que tem para a oposição é de apenas um, e em janeiro se tem nova eleição para a mesa diretora e perder a presidência da casa seria uma derrota ainda mais dura para o prefeito que só elegeu o seu governador e o deputado federal Ricardo Teobaldo.

O polivalente Fábio Mamão que saiu fortíssimo das eleições de 2016 não teve a habilidade de manter ao seu lado o grupo que o ajudou a conseguir 5040 votos e viu praticamente o sonho de ser prefeito de sua cidade ser sepultado, os resultados desse domingo foram um desastre pra Mamão que ficou em terceiro lugar na disputa municipal conseguindo pouco mais de mil votos para seus deputados, adotando um discurso de que uma farsa estava armada no município para o enfraquecer Mamão viu seus principais cabos eleitorais migrarem para a terceira via e sofreu a sua pior derrota desde que ingressou na política e agora precisa rever os seus conceitos e posições se pretender entrar na disputa em 2020.

Diante de tudo isso quem venceu mesmo foi à população jataubense que terá maior representatividade tanto na ALEPE quanto na Câmara Federal e deu um show de democracia, mostrou a sua insatisfação com a forma antiga de se fazer política e certamente fará com os resultados das urnas com que alguns políticos saiam da caixinha. Sem dúvidas os jataubenses acenderam o sinal de alerta de muitos políticos e deixaram o recado de que em 2020 a eleição será completamente diferente e que poderemos inclusive ter uma grande renovação na câmara de vereadores. O alerta está aceso e certamente esses próximos dois anos serão de muitas movimentações na política local.

Jota Silva / Agreste No Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário