quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Frente Popular não pode mais chamar a chapa de Armando de “turma do Temer”

Resultado de imagem para mendonça filho e armando monteiro
A Justiça Eleitoral determinou nesta quarta-feira (5) que a Frente Popular de Pernambuco não poderá mais usar a expressão “Turma de Temer” para se referir à chapa majoritária do petebista Armando Monteiro que conta com dois ex-ministros do presidente: Mendonça Filho (Educação) e Bruno Araújo (Cidades).
De acordo com esta decisão, a Frente Popular deve  retirar imediatamente todas as peças de propaganda que contenham aquela expressão, tanto no rádio como também na TV e nas redes sociais.
Caso a decisão não seja cumprida, a campanha de Paulo Câmara terá de pagar uma multa no valor de R$ 5 mil por cada veiculação.
Em seu despacho, a juíza Karina Albuquerque Amorim escreveu o seguinte: “Verifico que a ideia que se pretende passar pela coligação representada é totalmente incoerente com a posição política adotada pelo candidato Armanda Monteiro. E, para além do mais, quer revelar uma aliança política que de fato inexiste”.
Informações Blog do Inaldo Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário