quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Candidato Júlio Lossio pode ser expulso do partido e não disputar as eleições em PE

O candidato a governador de Pernambuco pelo partido Rede Sustentabilidade, Júlio Lossio, pode ser expulso do partido.
A notícia foi divulgada pela legenda e, segundo a mesma, a possibilidade vem em resposta a um encontro realizado ontem (19) do candidato e seu vice, Luciano Bezerra (Rede), com apoiadores do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).
Um desses apoiadores é o Coronel Meira (PRP), que disputa o posto de deputado federal. O outro é Gilson Machado, um dos principais articuladores da campanha de Bolsonaro em Pernambuco.
Através de nota, além de reprovar a aliança, o partido afirma que o fato apresenta indícios de infidelidade partidária e também cita que o candidato tem 24 horas para apresentar sua defesa.
A Rede citou também que, caso Júlio Lossio não apresente sua defesa, pretende “abrir processo disciplinar e consequente expulsão do quadro partidário e o cancelamento do registro de candidatura ao governo do estado de Pernambuco”, diz um dos trechos da nota.
“Nunca aceitei, nem aceito cabresto” – afirma
Também em nota, o candidato afirmou sua posição de surpresa frente a nota apresentada pelo partido. Dizendo não aceitar cabresto, ele falou de sua justificativa em ter o apoio das lideranças bolsonaristas, citando que tal atitude viria de um pequeno grupo dentro da legenda.
“Querem ser donos do partido, mas eu nunca aceitei nem aceito cabresto. No Rio, a Rede pode apoiar Romário que tem outro Presidente. No Acre nosso senador Randolfe caminha com o DEM que vota em Alckmin. Aqui em Pernambuco eu que voto em Marina não posso receber apoio?” – pontuou.

Informações Blog do Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário