terça-feira, 26 de junho de 2018

Brejo – Flagrante mostra pacientes transferidos em ambulância sem maca

Um vídeo gravado por um popular que reside no distrito de Barra de Farias, em Brejo da Madre de Deus, expôs mais um caso de fragilidade na saúde pública.
Trata-se de um flagrante onde pacientes que residem no município são transferidos para outros hospitais do estado, porém sem que se haja uma estrutura mínima de conforto e segurança.
O vídeo, gravado em 18 de junho pelo popular André de Oliveira Silva (29 anos) e publicado pelo blog Estação Notícias, mostra o momento em que ele, o irmão que o acompanhava e um idoso (também paciente, que ficou em um hospital em Vitória de Santo Antão) são transferidos.
No vídeo, eles estão sentados em um banco onde deveriam ir os acompanhantes. André falou ao repórter Atahanderson Mesquita de todo o desconforto sentido na viagem e as dificuldades pela falta da maca.

“A viagem foi insuportável. A porta da ambulância tinha uma batedeira insuportável. Estávamos andando com as mãos nos ouvidos para amenizar mais a zoada” – disse.

Ele ainda falou da dificuldade que teria passado no Hospital Otávio de Freitas para ser atendido, justamente pela falta da maca na ambulância brejense.

“A moça da recepção não queria me atender por falta da maca. Perguntou ao enfermeiro: “Cadê a maca?” e ele respondeu: “A maca está presa no hospital, há cinco dias, com um paciente” e completou: “Com uns 10 minutos depois, ela fez minha ficha e aí fui para o médico” – frisou.

Ainda de acordo com ele, a volta para casa foi da mesma forma. Dada a repercussão do caso, a secretaria de saúde do município falou através de nota enviada ao mesmo blog.
.
Nota
A Secretaria de Saúde do Brejo da Madre de Deus, esclarece que está sempre à disposição das unidades para a disponibilidade de carros na falta de macas (em ambulâncias retidas em hospitais).
Diante do fato, a secretaria não foi comunicada sobre a falta da maca. Esse é um fato isolado dentro da unidade que não mais voltará a ocorrer. Pedimos desculpas pelo erro, não somos de acordo com a forma como os pacientes foram locomovidos, diante da transferência.
A secretaria preza o zelo aos pacientes que são assistidos dentro das unidades de atendimento, mesmo diante de todas as dificuldades financeiras que vem enfrentando. Estamos à disposição para maiores esclarecimentos.

Informações Blog do Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário