sexta-feira, 25 de maio de 2018

Protestos ainda acontecem em 17 rodovias de Pernambuco

Prostestos ainda ocorrem em 17 rodovias de PE
Apesar do acordo entre governo federal e caminhoneiros, anunciado na noite desta quinta-feira (24), o protesto nas rodovias continua em Pernambuco. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou às 7h15, há pelo menos pontos 17 pontos de protesto em Pernambuco na manhã desta sexta. Em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife, na BR-101, no quilômetro 83, caminhões continuam parado às margens da pista. Há também, motoristas com caminhões estacionados no quilômetro 44, em Igarassu.  

Os pontos nos quais há manifestação dos caminhoneiros, segundo a PRF, são BR 316, km 80, Ouricuri; BR 316, km 143, Parnamirim; BR 423, km 97, Garanhuns; BR 101, km 83, Jaboatão dos Guararapes; BR 316, km 303, Floresta; BR 232, km 130, Caruaru; BR 408, km 83, Paudalho; BR 232, km 177, Belo Jardim; BR 232, km 207, Pesqueira; BR 428, km 38, Cabrobó; BR 424, km 69, Caetés; BR 104, km 74, Caruaru; BR 423, km 146, Iati; BR 407, km 80, Petrolina; BR 316, km 58, Trindade; BR 316, km 25, em Araripina e BR 101, km 44, Igarassu.

Protesto em outros pontos do país 

Há bloqueios nos dois sentidos da rodovia Anhanguera, em São Paulo. Às 7h, era registrada interdição, no sentido capital, de uma faixa e do acostamento no km 148. No sentido interior, havia fechamento da faixa também no km 148. A CCR AutoBan, concessionária que administra a pista, aconselha os motoristas a optarem pela rodovia dos Bandeirantes.

A rodovia Régis Bittencourt (BR-116) permanece com três pontos de bloqueio. O tráfego está liberado para veículos leves, mas congestionamentos se formam nos trechos com protestos.

Caminhoneiros também fazem protesto no Rodoanel de São Paulo, entre as rodovias Anchieta e Imigrantes. Os acessos ao Porto de Santos (SP) continuam bloqueados em razão das manifestações, tanto na margem esquerda, pela rodovia Cônego Domênico Rangoni, no Guarujá, quanto na margem direita, pela rodovia Anchieta, em Santos.
Apesar do acordo entre governo federal e caminhoneiros, anunciado na noite desta quinta-feira (24), o protesto nas rodovias continua em Pernambuco. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou às 7h15, há pelo menos pontos 17 pontos de protesto em Pernambuco na manhã desta sexta. Em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife, na BR-101, no quilômetro 83, caminhões continuam parado às margens da pista. Há também, motoristas com caminhões estacionados no quilômetro 44, em Igarassu.  

Os pontos nos quais há manifestação dos caminhoneiros, segundo a PRF, são BR 316, km 80, Ouricuri; BR 316, km 143, Parnamirim; BR 423, km 97, Garanhuns; BR 101, km 83, Jaboatão dos Guararapes; BR 316, km 303, Floresta; BR 232, km 130, Caruaru; BR 408, km 83, Paudalho; BR 232, km 177, Belo Jardim; BR 232, km 207, Pesqueira; BR 428, km 38, Cabrobó; BR 424, km 69, Caetés; BR 104, km 74, Caruaru; BR 423, km 146, Iati; BR 407, km 80, Petrolina; BR 316, km 58, Trindade; BR 316, km 25, em Araripina e BR 101, km 44, Igarassu.

Protesto em outros pontos do país 

Há bloqueios nos dois sentidos da rodovia Anhanguera, em São Paulo. Às 7h, era registrada interdição, no sentido capital, de uma faixa e do acostamento no km 148. No sentido interior, havia fechamento da faixa também no km 148. A CCR AutoBan, concessionária que administra a pista, aconselha os motoristas a optarem pela rodovia dos Bandeirantes.

A rodovia Régis Bittencourt (BR-116) permanece com três pontos de bloqueio. O tráfego está liberado para veículos leves, mas congestionamentos se formam nos trechos com protestos.

Caminhoneiros também fazem protesto no Rodoanel de São Paulo, entre as rodovias Anchieta e Imigrantes. Os acessos ao Porto de Santos (SP) continuam bloqueados em razão das manifestações, tanto na margem esquerda, pela rodovia Cônego Domênico Rangoni, no Guarujá, quanto na margem direita, pela rodovia Anchieta, em Santos.


Informações do Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário