segunda-feira, 16 de abril de 2018

Exclusivo: Tribunal rejeita contas da gestão de Júnior Gomes na Câmara

O vereador Júnior Gomes teve as prestações de contas de sua gestão, da época em que era presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. A decisão da Primeira Câmara foi proferida na última terça-feira (10) e teve seu teor obtido hoje (16) pelo Blog do Ney Lima.
O processo teve como relator o conselheiro Ranilson Ramos, que teve o entendimento seguido pelo conselheiro Valdecir Pascal e pela conselheira Teresa Duere e está relacionado ao exercício financeiro do ano de 2014.
Os principais motivos que levaram a condenação são: o não cumprimento do limite de remuneração dos vereadores, desproporção expressiva e irregular em favor do provimento de cargos em comissões, realização de dispensas nos últimos dois quadrimestres do mandato sem disponibilidade de caixa suficiente e a ausência de informações em meios eletrônicos.
O vereador Júnior Gomes ainda foi multado em R$ 7.951,50. Ele poderá recorrer da decisão em até 30 dias a partir da publicação da rejeição de contas no Diário Oficial.

Informações Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário