domingo, 8 de abril de 2018

Ato da oposição em Ipojuca apontam pra Mendonça e Armando na majoritária

Apesar de não haver nenhum anúncio formal no evento da oposição em Ipojuca. Nos bastidores e na própria ordem de falas, ficou entendido que com a inviabilização de Fernando Bezerra Coelho por conta do imbróglio do MDB, a questão se afunilou para Mendonça Filho e Armando Monteiro. Ambos estarão na majoritária, ficando a dúvida sobre as posições em que cada um irá jogar. Mendonça já avisou que está preparado pra guerra e que não tem medo de ficar sem mandato, o que naturalmente facilita muito a composição da chapa.

No evento em Ipojuca no último sábado, evento esse que contou com cerca de três mil pessoas os dois estavam afinados e ao lado de Bruno Araújo, Fernando Bezerra Coelho, Fernando Filho, do ex-governador João Lyra Neto e outros grandes nomes do cenário pernambucano demostraram confiança e falaram do desejo de mudança que o estado vive.

O senador Armando Monteiro salientou que o grupo concluiu a primeira etapa reafirmando o compromisso de oferecer uma nova agenda ao povo pernambucano. “Vamos construir as propostas que vão dar conteúdo a todo o debate. E vamos fazer dialogando com os setores da sociedade. É preciso ouvir todo Pernambuco para e apresentar uma nova agenda para o estado", cravou.

Encerrando o evento, o ex-ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que, infelizmente, Pernambucano vive um tempo em que o poder serve para intimidar adversários e perseguir quem não está com o Palácio do Governo. “Não é exercido para atender as demandas básicas da saúde, da educação e da segurança. Na história de Pernambuco nunca se assistiu ao que se assiste hoje. Um governador no primeiro mandato, em busca da reeleição, com muito poder na mão, perdendo a cada dia mais aliados. Não tem habilidade. É governador, mas não lidera. É governador, mas não governa. Governam por ele. O entorno é quem manda. E o pernambucano percebe isso. Não é a toa que o nosso palanque só faz crescer. É preciso gerar esperança e resgatar a liderança que Pernambuco sempre teve no Nordeste e o respeito que sempre teve no Brasil”, concluiu.


Agreste No Ar / Informações Blog de César Mello e Edmar Lyra

Nenhum comentário:

Postar um comentário