sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

“Uma verdadeira ditadura está em andamento, só não vê quem não quiser” – afirma Edson Vieira

Resultado de imagem para edson vieira
Através de nota enviada por sua assessoria de imprensa, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), manifestou sua posição após a confirmação da exoneração da vereadora Jessyca Cavalcanti (PTC), da direção da Escola Dr. Adilson Bezerra.
Segundo ele, a exoneração foi “Uma ação que não levou em conta as quase duas décadas de prestação de serviços relevantes para a comunidade escolar” e que o ato seria “uma brutal perseguição” aos seus correligionários.

Confira a nota na íntegra!
“Foi com muita surpresa, tristeza e consternação que recebi a notícia da exoneração da professora Jessyca Cavalcanti que foi afastada de suas atribuições de gestora da escola estadual Dr Adilson Bezerra de Souza. Uma ação que não levou em conta as quase duas décadas de prestação de serviços relevantes para a comunidade escolar.  Atitude que não foi meramente um ato administrativo, mas que tem por trás uma brutal perseguição aos nossos correligionários, uma verdadeira ditadura está em andamento, só não vê quem não quiser.
 Outros também foram demitidos de suas funções, o professor Itamar, Nilton do Detran, João da Compesa foi remanejado pra outra localidade após 30 anos de serviços prestado em Santa Cruz do Capibaribe. Todas estas ações são frutos de perseguição direcionadas aqueles que acompanham nosso projeto político.
O povo é sábio, e percebe quem está com razão, enquanto nos perseguem, seguimos em busca de recursos para desenvolvermos mais ações que trazem o progresso e a melhoria da qualidade de vida da nossa gente”.
Edson Vieira – Prefeito de Santa Cruz do Capibaribe

Nenhum comentário:

Postar um comentário