sábado, 3 de fevereiro de 2018

"Esse rapazinho que hoje tá lá cantando de galo não vai pra canto nenhum" declara Fábio Mamão em entrevista se referindo ao vereador Jackson (Galego de Antônio de Roque)

Nesta sexta-feira 02, o líder político Fábio Mamão concedeu uma entrevista ao radialista Geraldo Silva que foi transmitida ao vivo pela rádio Jataúba FM, Mamão falou da importância do ato de apoio realizado por um grupo de oposição em Brejo da Madre de Deus e disse que esse é o caminho se organizar em 2018 visando às eleições de 2020.

Durante seu discurso no evento Mamão destacou o trabalho e a importância do deputado Diogo Moraes para a região e disse que as cidades que compõem o polo de confecções tem que fazer Diogo Moraes o mais votado da região, Mamão destacou a luta do deputado na duplicação da PE-160, na redução de impostos, na Adutora do Alto Capibaribe e no engajamento para viabilizar a perenização do Rio Capibaribe.

Sobre 2018 Mamão mais uma vez disse que água e óleo não se misturam e que não estará no mesmo palanque que o prefeito Antônio de Roque estiver: “Não existe o mesmo palanque em Jataúba, eu já deixei bem claro ao governador que não subo no mesmo palanque que esse cidadão, e ele vai fazer a escolha, o cenário de hoje é o mesmo de 20 anos atrás, e eu estarei no palanque porque tenho certeza que esse cidadão que é prefeito vai pra onde Bruno Araújo estiver, e se o governador quiser arriscar ficar com ele eu não vou está no palanque e também não vou pra oposição, vou ficar na minha, quieto, pois, sei que depois das eleições ele (prefeito) vai pra oposição”, declarou o líder político. Mamão disse que todos os apoios de Antônio de Roque são da base de oposição ao governo do estado citando Zé Humberto e Bruno Araújo.

Mamão ainda falou sobre a sua ligação com o PSB e disse que se buscar na história do partido no estado ele faz parte dessa história. “Eu sempre fui PSB, inclusive eu vi o vereador que é filho do prefeito dizer que se eu quisesse ir pra o PSB eu fosse pra perto dele, o menino tá aí há poucos dias no PSB agora na carona que pegaram pra se juntar com o governador que foi quando eu saí, o próprio governador disse que eu faço parte da história do partido, então esse rapazinho que hoje tá lá cantando de galo não vai pra canto nenhum, porque se o governador tomar a decisão dele o PSB vem pra mão da gente e agente toma os destinos de Jataúba”, finalizou Mamão.

Confira a entrevista completa:



Central de Jornalismo da Rádio Jataúba FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário