sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Rodrigo Maia admite ser candidato a presidente, desde que chegue a 7% de intenções de votos

O presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), aproveitou a viagem que faz aos Estados Unidos para clarificar mais uma vez sua oposição. Ele disse em Washington, que se chegar aos 7% de intenções de voto nas pesquisas para a eleição presidencial, poderá começar a pensar na hipótese. 

Atualmente, segundo o Datafolha, o deputado tem apenas 1% na preferência dos eleitores. “Hoje, não! Eu tenho apenas 1% nas pesquisas. No dia em que eu tiver 7%, as coisas melhoram muito”, disse o deputado fluminense.

Caso tenha interesse na candidatura, o partido não lhe criará embaraços, pois já deram declarações em seu favor o ministro da Educação, Mendonça Filho e o prefeito de Salvador, ACM Neto.

Rodrigo Maia está de olho no espaço do “centro”, que segundo ele, ainda não foi ocupado por ninguém. São candidatos a ocupar esse espaço Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT), Álvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (PSD).


Informações Direto ao Ponto

Nenhum comentário:

Postar um comentário