domingo, 21 de janeiro de 2018

PSDB comunicará a Elias Gomes que ele não será candidato

O ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes Elias Gomes se colocou como pré-candidato do PSDB a governador nas eleições deste ano, a executiva do partido, a contragosto, deixou que ele se posicionasse desta maneira para evitar que houvesse um racha ainda maior no partido, porém ficou constatado com o passar dos meses que a postulação do ex-prefeito não passava de um capricho pessoal e que não havia capilaridade do nome sequer na metropolitana, onde ele foi prefeito de dois municípios importantes.
Com o prazo ficando cada vez mais exíguo e a necessidade de definições, o ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo, decidiu que se colocará como nome do partido para disputar o Senado na chapa da oposição, a oficialização ocorrerá no próximo dia 27 em Petrolina no ato oposicionista. Este movimento será referendado por quem tem voto e quem tem influência no cenário político estadual dentro do partido, e será a senha para dizer a Elias que se ele quiser ser mesmo candidato entrando numa aventura terá que sair da legenda.
A decisão do ex-ministro Bruno Araújo de se colocar como alternativa para o Senado será uma espécie de cala a boca para Elias Gomes, evidenciando que se houver algum indicado do partido para a chapa majoritária da oposição, este alguém será o próprio Bruno ou alguém que tenha sua confiança, que pode ser o ex-governador João Lyra Neto para o posto de vice-governador no cenário em que Bruno optar pela reeleição de federal.
Com este processo de afunilamento, o PSDB mandará um recado para outros nomes e também para os partidos que compõem a oposição no  estado de que é preciso urgentemente definir qual estratégia será adotada, no caso de uma ou duas candidaturas a governador, e quais serão os nomes a integrar a majoritária.
Informações Edmar Lyra

Nenhum comentário:

Postar um comentário