sábado, 12 de agosto de 2017

Paulo Câmara almoça com Haddad no Palácio neste sábado

Fernando Haddad
O governador Paulo Câmara (PSB) receberá, neste sábado (12), o ex-ministro Fernando Haddad (PT) para uma conversa, no Palácio das Princesas, na área central do Recife, pela manhã. O gesto partiu do petista, que quis estreitar os laços, durante sua passagem por Pernambuco, com a principal liderança do PSB no estado.

O encontro gerou rumores de uma reaproximação entre as legendas e, até mesmo, da composição de uma chapa presidencial do PT com o gestor pernambucano na vice. No entanto, uma aliança entre as agremiações ainda está longe de se concretizar.

Em entrevista após o ato de sanção ao projeto de lei que determina o piso salarial dos advogados em Pernambuco, Paulo Câmara relembrou que as agremiações estão afastadas desde 2013, quando o partido rompeu com o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), e que os seus caminhos vêm sendo diferentes desde então. Segundo ele, há uma "discordância de ideias e projetos" entre os partidos.

"Nós só vamos discutir 2018 em 2018. Agora, desde 2013, com o afastamento do PSB do Governo Dilma e lançamento de uma candidatura de Eduardo Campos e depois de Marina Silva, e nossa decisão de não participar do segundo Governo Dilma e do Governo Temer, mostra claramente que há discordância de ideias e projetos. Hoje, nossa posição é seguir um caminho diferente do PT e do caminho do governo que está aí", ponderou.

Apesar do afastamento, Paulo Câmara revelou o desejo de conversar com o ex-ministro da Educação sobre os avanços da área em Pernambuco e a gestão do sistema educacional, além dos desafios do cenário nacional e da gestão pública.

Informações da Folha de PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário