terça-feira, 4 de julho de 2017

Exclusivo – Justiça impede aumento de salários de prefeito, vice-prefeito e secretários em Santa Cruz

A justiça suspendeu, através de decisão liminar, o reajuste nos salários do prefeito, vice e secretários de Santa Cruz do Capibaribe. A decisão em Primeira Instância é do juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da cidade.
A decisão é fruto de uma ação popular impetrada pelo juiz André Tadeu da Mota Florêncio. Em outubro de 2016, houve a aprovação de um reajuste para o exercício 2017/2020. Com o aumento, o salário do prefeito saiu de R$ 12 mil para R$ 18 mil, o vice de R$ 6 mil para R$ 9 mil. Ainda houve alteração nos salários dos secretários subissem de R$ 4,5 mil para R$ 6 mil.
Em trecho da decisão, o magistrado explica que se a Lei não for aplicada, uma multa deverá ser paga. “Ante o exposto, DEFIRO O PEDIDO LIMINAR… Devendo o subsídio do Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários e cargos com status de Secretários (Procurador Geral e Controlador) ser pago no valor corresponde à legislatura anterior (2009/2012), sob pena de multa no importe de R$ 100.000,00 (cem mil reais) a ser imposta pessoalmente ao respectivo Prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, sem prejuízo da pratica de crime de desobediência e prática de ato de improbidade administrativa”.

Informações Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário