segunda-feira, 31 de julho de 2017

Será que vem pra Jataúba? Governo do Estado entrega 83 novas viaturas

O governador Paulo Câmara entregou, hoje, 83 novas viaturas que irão reforçar o trabalho das tropas das Polícias Militar, Civil e Científica de Pernambuco. Os veículos atenderão a 20 municípios da Zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado, além dos 14 que integram a Região Metropolitana do Recife (RMR), incrementando a estrutura operacional das corporações no combate à criminalidade. A ação faz parte do Plano Estadual de Segurança Pública de Pernambuco, que prevê um investimento de R$ R$ 290,8 milhões na área.
“As viaturas irão dar condições para que os policiais desenvolvam um trabalho melhor, com veículos novos e modernos. Nós estamos investindo também em motos. Ao longo deste ano irão chegar 700 novas motocicletas, pois o trânsito na RMR exige respostas mais rápidas para as ocorrências. Temos também uma expectativa positiva de que todo o interior de Pernambuco receba novas frotas de veículos”, declarou o governador Paulo Câmara.
Dos veículos entregues nesta segunda, 10 são do modelo Hilux, que serão incorporados aos grupos táticos da Polícia Militar nas áreas das diretorias integradas do Interior I e II (DINTER I e II). Também foram entregues 16 veículos de modelo Spin, para o policiamento ostensivo em geral, e 16 Hilux 4x4 para as delegacias de Polícia Civil do Agreste e Sertão abrangidas pelas DINTER I e II.
Para o Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) foram destinados quatro modelos Amarok 4x2. Outras sete unidades do mesmo veículo atenderão às Polícias Militar e Civil em batalhões e delegacias. Já os cinco veículos Citröen Aircross auxiliarão os trabalhos da Polícia Científica no Instituto de Criminalística (IC), sendo estes adquiridos por meio de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Tiveram, ainda, 25 motocicletas de modelo XRE 300 entregues para a CIPMOTO/ROCAM do Recife e Região Metropolitana.
O gestor estadual ainda deu detalhes sobre as contratações de novos agentes que integrarão as corporações das Polícias Civil, Militar e Científica, alguns, já a partir de setembro deste ano. “Temos 1.500 novos PMs já na academia, que acaba agora no final de agosto, e irão para as ruas em setembro. Nós temos mais 1.300 PMs que vão entrar na academia em setembro, para, no início de 2018 irem às ruas. São 2.800 novos agentes. O concurso da Polícia Civil está se encerrando também no final do ano, então, irão entrar mais 140 novos delegados, 600 agentes e quase 400 policiais da Polícia Científica. Estamos trabalhando muito para, efetivamente, criar condições de prevenir a ocorrência de crimes e, ao mesmo tempo, buscar prender quem continuar a cometer atos de infração em Pernambuco”, finalizou.
O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, avaliou positivamente a aquisição dos novos equipamentos no fortalecimento à segurança do Estado. “Estamos aqui reafirmando o nosso compromisso com a população, entregando viaturas novas, equipamentos modernos para reequipar nossas polícias. Todo o Estado será contemplado. O nosso compromisso é com a segurança. O Governo do Estado está empenhado em diminuir os atuais números, colocando à disposição novas ferramentas de trabalho, com a substituição dos equipamentos que até então nós usávamos, as novas motos, os novos veículos e a chegada dos novos policiais, tudo isso será determinante para que a gente consiga vencer a violência”, frisou.
PLANO DE SEGURANÇA – Anunciado pelo governador Paulo Câmara em abril de 2017, as medidas do Plano Estadual de Segurança Pública de Pernambuco incluem ações efetivas com objetivo de reduzir os índices de criminalidade do Estado. Entre elas, a renovação da frota das polícias, com 320 novas viaturas, 700 motocicletas e 2 helicópteros. Além disso, 4.500 novos PMs serão nomeados, dos quais 1.500 já começam a atuar em setembro deste ano. Outros 1.300 iniciarão as atividades no início de 2018 e outras turmas serão formadas ao longo dos próximos 2 anos.
Outras medidas também foram anunciadas, como a criação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE); renovação e ampliação da frota de viaturas do Corpo de Bombeiros (CBMPE), com a entrega de 61 veículos; criação do 1º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp), em Caruaru; promoção de oficiais, subtenentes e sargentos da PMPE e a criação das Companhias Independentes da PM nos municípios de Araripina e Tamandaré, que atuarão no policiamento ostensivo dos municípios.

Informações Magno Martins

“Posso afirmar que nossa candidata é Marília”, diz Duque

Em entrevista concedida na manhã de hoje à Rádio Serra FM, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), comentou a informação publicada, hoje, na imprensa local, de que seu nome estaria à disposição do PT para disputar o governo do estado de Pernambuco, caso tivesse o apoio do ex-presidente Lula.
Segundo o gestor petista, no entanto, a candidata do partido, que optou nesse domingo (30) por manter candidatura própria, é Marília Arraes. “São gestos de pessoas que lembram o meu nome assim como lembram o nome de companheiros como João Paulo e Marília, mas eu posso assegurar que a nossa candidata é Marília Arraes”, disse.
Sobre a possível vinda de Lula a Serra Talhada, Duque disse estar confiante e que o ex-presidente será muito bem recebido pelo povo serra-talhadense. “Estive em Brasília há convite do ex-presidente Lula para a posse de nossa presidente, a Gleisi Hoffmann, e fui perguntado por ele se eu não iria convidá-lo para vir a Serra Talhada, e já que ele fez essa proposta, eu disse: ‘Já tá convidado, venha, que o povo de Serra Talhada vai lhe receber de braços abertos’”, contou o prefeito.

Blog da Juliana Lima

“Talvez algo que esteja errado não seja conosco", declara o deputado federal João Fernando Coutinho (PSB) sobre grupo que o apoiou na cidade de Jataúba

No último sábado aconteceu na cidade de Caruaru mais uma edição do Pernambuco em Ação, durante o evento vários políticos e lideranças estiveram presentes ao lado do governador Paulo Câmara, e o radialista Ruy Siqueira da rádio Jataúba FM conseguiu finalmente uma entrevista com o deputado federal João Fernando Coutinho (PSB) que teve o apoio do grupo de oposição em Jataúba nas eleições de 2014 onde obteve 2.855 votos e estranhamente sumiu após as eleições sendo alvo de muitas críticas até mesmo por parte daqueles que o apoiaram há época.

Durante a entrevista João disse que tem um profundo respeito pela população de Jataúba, e que sempre tem uma atuação parlamentar efetiva nas cidades onde foi votado, e que Jataúba talvez tenha sido um ponto fora da curva, quanto as justificativas do grupo de que o mesmo não teria cumprido os acordos feitos o deputado disse que quem tem boca fala o que quer, mas, ressaltou que tem a sua consciência tranquila de tentou fazer tudo o que estava ao seu alcance.
Resultado de imagem para joão fernando coutinho em jataúba
João disse que fez muito sacrifício para tentar unir o grupo, mas, que infelizmente a liderança maior se referindo ao líder político (Fábio Mamão), não soube conduzir o processo. “Logo que acabou as eleições de 2104 o grupo que me apoiou em Jataúba já estava todo dividido, era uma briga, uma arenga, cada um que ia no meu gabinete quando eu ainda era deputado estadual levava uma conversa diferente, e eu disse, não vou entrar no meio dessa arenga”, disse João Fernando.

João disse que tem ajudado o município em algumas ações como a luta pra incluir Jataúba e outras cidades que estavam fora do projeto inicial da adutora do agreste para que as mesmas sejam beneficiadas, e ressaltou a sua luta pela lei que regulamenta a vaquejada, fato que segundo ele beneficia diretamente a população de Jataúba e região, quanto às cobranças o deputado disse que não vai ficar batendo boca com ninguém, porém, a população tem como acompanhar o seu trabalho e disse que tem amigos que irão reconhecer a luta por ações que beneficiam o município.
Resultado de imagem para joão fernando coutinho em jataúba
Ainda sobre o grupo de oposição que o apoiou João Fernando disse: “Talvez algo que esteja errado não seja conosco, tenho gratidão ao grupo que me apoiou, mas, perderam a eleição mais uma vez pela falta de uma composição mais madura, eu não posso ser responsabilizado pelas divisões do grupo, e se alguém se beneficiou mais do que outro, se alguém vestiu a camisa, fez mais campanha do que outro, não sou eu que tenho que avaliar, desde o começo a composição política do grupo me pareceu um pouco equivocada, pois, não tínhamos a catalisação do grupo em torno da liderança maior”, destacou João Fernando Coutinho.

João disse que independente de voto sempre terá um profundo respeito e será amigo de Mamão, pois, reconhece a sua luta, porém, disse que nunca foi procurado e que em nenhum momento o grupo que o apoiou no município levou qualquer demanda ou pedido relevante para que o mesmo pudesse viabilizar, e disse: “Estou à disposição do atual prefeito do município até mesmo para destinar emendas individuais, pois, tenho gratidão e uma dívida com o povo de Jataúba”, disse o deputado que ressaltou que não irá fazer nada só para beneficiar A, B ou C, mas, sim para a maioria da população.
Resultado de imagem para joão fernando coutinho e mamão
Por fim João disse: “Se o prefeito me procurar estou à disposição para destinar emendas para a saúde, ambulâncias, kit para o Conselho Tutelar, perfuração de poços artesianos junto ao DENOC's, o que não posso é sair procurando onde é que agente vai colocar emendas, até porque todos os dias somos demandados por lideranças e prefeitos que vão até o nosso gabinete”, concluiu o deputado.

A entrevista cai como uma verdadeira bomba na cidade de Jataúba, já que até então a versão apresentada pelo grupo que apoiou o deputado nas eleições de 2014 era totalmente diferente, diante de tudo isso agora é aguardar a postura do grupo. Será que alguém irá rebater as declarações do deputado? Por outro lado, será que o prefeito do município irá aproveitar a deixa do deputado e buscará recursos com o mesmo para o município? Só o tempo trará as respostas.

Confira a entrevista na íntegra CLICANDO (AQUI).


Jota Silva / Ruy Siqueira

População da cidade das Vertentes denuncia falta de segurança

Resultado de imagem para vertentes pe
Nossa equipe foi procurada por um leitor da cidade das vertentes que teve sua mãe assaltada por um menor na madrugada do último dia 25/07 e revoltada mandou o seguinte relato, confira:

"Olá sou de Vertentes-PE
                      
No dia 25/07 minha mãe foi alvo de criminosos armados...
pessoas da minha família e outras pessoas esperavam o ônibus pra ir pro Recife..  Pra ir para hospital... Ela estava esperando o ônibus em frente ao SAMU 01:30hr da madrugada!

Quando uma criança com (idade entre 13 a 15 anos) saiu do carro armado... Já saiu apontando a arma pra minha família, que logo que viu que era um assalto entregou sua bolsa com seus pertences dentro!

A prefeitura de Vertentes falou que tem vigia no SAMU.. Mais na verdade não tem ou estava dormindo...

Também acho que a prefeitura podia mudar esse horário de ir pro Recife.. Ou colocar mais segurança para essas pessoas...

Mais eu acho que estão esperando mais um pai de família ser assassinado por criminosos... Para tomar alguma providência... Essa não foi à primeira vez não! 

As pessoas já estão indo para o hospital...  e vem uma criança armada...  e ela toma tudo o que as pessoas tem. ..  documentos, dinheiro, celulares...  só falta tirar a vida de um pai de família...  
                     
O pior que todos os dias têm viagem pra ir pra Recife, pra ir pros hospitais...
Os bandidos já sabem que tem pessoas esperando, e vão lá fazer o assalto...  armados e ameaçando a atirar nas pessoas..."


Portal do Agreste / Agreste No Ar                        

Prefeito e vice de Jataúba comemoram assinatura da ordem de serviço para cobertura da quadra da Escola José Lopes de Siqueira

EDUCAÇÃO – Durante a 11ª rodada do Pernambuco em Ação, o governador Paulo Câmara assinou Ordens de Serviço para que cinco escolas da Rede Estadual recebam novas quadras cobertas, beneficiando cerca de 3 mil estudantes da Mata Central e Agreste Central. 

São elas: Escola de Referência em Ensino Médio José Lopes de Siqueira, em Jataúba; Escola Dom José Lamartine e Escola Eurico Queiroz, ambas em Bezerros;  Escola Paulina Monteiro, em Caruaru; e Escola de Referência em Ensino Médio Quintino Bocaiúva, em Camocim de São Félix. O investimento total será na ordem de R$ 2,3 milhões e o prazo de conclusão das obras é de 90 dias.
“O Agreste Central foi uma região à qual o governador Paulo Câmara deu uma atenção especial à educação. Ao mesmo tempo em que focamos na construção de cinco quadras, já estamos com sete quadras praticamente prontas. A quadra é um ambiente especial para a escola, pois não é apenas para a prática esportiva, mas é um ambiente para atividades de integração da escola com a comunidade”, avaliou o secretário de Educação, Fred Amâncio. 

Na ocasião, o governador também entregou certificados do Programa Ganhe o Mundo aos estudantes pós-intercambistas dos municípios de Caruaru e São Caetano.

Com informações da assessoria de comunicação

Emendas: Temer libera R$ 19 mi de ministros tucanos

Mesmo afastados de seus mandatos no Congresso, três dos quatro ministros filiados ao PSDB, partido que ameaça deixar o governo, tiveram R$ 19,2 milhões em emendas empenhadas entre junho e julho. O presidente Michel Temer incluiu na lista dos favorecidos pela liberação projetos apresentados por Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) e Bruno Araújo (Cidades), quando estavam na Câmara e Senado. O quarto ministro tucano – Luislinda Valois (Direitos Humanos) – não é parlamentar.
Dos 14 ministros que se licenciaram dos mandatos para assumir um cargo na Esplanada, apenas os três e Fernando Coelho (Minas e Energia) apresentaram emendas durante as discussões do Orçamento de 2017. No caso de Coelho, que teve R$ 2,8 milhões empenhados, o PSB, partido ao qual é filiado, já desembarcou do governo, mas o ministro se manteve no cargo.
Desde a divulgação da delação da JBS, no fim de maio, Temer liberou R$ 4,1 bilhões em emendas, o que representa 97% do total empenhado no ano. Embora o pagamento da maior parte das emendas tenha se tornado obrigatório desde 2015, o ritmo de liberação é definido pelo governo.
A estratégia tem sido criticada pela oposição, que aponta uma tentativa de Temer de “comprar” o apoio de deputados que vão votar, na próxima quarta-feira, se autorizam ou não o Supremo Tribunal Federal (STF) a examinar a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente por corrupção passiva.
Para o Palácio do Planalto, o orçamento impositivo, criado em 2015, obriga o governo federal a não contingenciar as emendas parlamentares. “Tradicionalmente, o maior volume de liberação das emendas ocorre no final de cada semestre, em virtude da programação orçamentária do Ministério do Planejamento. Não existe relação entre as emendas orçamentárias e votos de parlamentares em qualquer tipo de matéria.”
Ao empenhar uma emenda é como se o governo fizesse uma promessa de pagamento a ser concretizado futuramente. A liberação desses recursos, é vista como uma espécie de moeda de troca entre o governo e o Congresso, e costuma ser usada pelo governo para garantir apoio em votações importantes. Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), ao incluir os ministros-parlamentares na lista de favorecidos, Temer estaria cometendo crime de responsabilidade por usar recursos públicos para agradar os aliados.
Campeão. Bruno Araújo foi o campeão em emendas empenhadas até a semana passada, mais que todos os atuais parlamentares. Ao todo, foram R$ 10,9 milhões. Cerca de metade do valor – R$ 5,3 milhões – foi destinado a programas da própria pasta de Araújo, o Ministério das Cidades.
Em nota, o ministro afirmou que “quando da designação das emendas parlamentares para 2017, estava em pleno exercício do mandato de deputado”. Araújo foi um dos primeiros tucanos a ameaçar deixar o governo após a divulgação da delação do empresário Joesley Batista, da JBS, usada na denúncia contra Temer. Na época, foi dissuadido pelo próprio partido, que decidiu se manter no governo.

O Estado de S. Paulo -Thiago Faria

Homem é encontrado amarrado dentro de balde em Santa Cruz

Um fato curioso aconteceu na tarde deste domingo (30) na Rua Wanderbilte Bezerra, mais conhecida como a ‘Rua do Cabana’ no bairro Bela Vista em Santa Cruz do Capibaribe. A situação é que um homem foi encontrado amarrado dentro de um balde durante um suposto assalto.
O efetivo da polícia militar foi solicitado por populares, informando que um homem estaria dentro de uma residência pedindo socorro e que quando um dos vizinhos subiu na parede do quintal para verificar do que se tratava, observou o homem amarrado dentro do balde.
A polícia militar esteve no local juntamente com a equipe do Samu que socorreram a vítima para a UPA de Santa Cruz. A vítima afirmou que um elemento desconhecido e encapuzado teria entrado pelo muro, lhe amarrado e colocado no balde. Vale destacar que nada foi roubado do imóvel e os motivos pelo fato não foram revelados.

Informações Ney Lima

FGTS de inativo é pago até esta segunda-feira

Os recursos devem ser sacados até o fim do expediente bancário de hoje pelos beneficiários
Liberado em março para movimentar a economia brasileira, o saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) chega ao fim nesta segunda-feira (31). E ainda há cerca de R$ 600 milhões à espera de 4,8 milhões de brasileiros nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF). Os recursos devem ser sacados até o fim do expediente bancário ou voltarão a ser liberados apenas nos casos convencionais de uso do FGTS, como demissões e financiamentos imobiliários. 

A Caixa explicou que a prorrogação dos saques até 31 de dezembro de 2018, prevista em decreto assinado pelo presidente Michel Temer na semana passada, só vale para pessoas que não puderem comparecer às agências e tenham condições de comprovar esse impedimento.

Inicialmente, se encaixariam nesta medida apenas brasileiros que estão hospitalizados, presos ou no exterior. E neste último caso as viagens só valem como justificava para o atraso caso tenham como destino países cujos consulados brasileiros não permitem o saque. Afinal, alguns consulados têm convênio com a Caixa e podem liberar os recursos. 

O detalhamento do público beneficiado pela prorrogação, porém, só será conhecida com a regulamentação do decreto presidencial, prevista para hoje. Por isso, recomenda-se que quem ainda tem recursos do FGTS disponíveis garanta o saque hoje. Retiradas de até R$ 3 mil podem ser feitas em terminais de autoatendimento, lotéricas, correspondentes da Caixa e no próprio banco. Já as de maior valor precisam ser feitas na boca do caixa.

Segundo a CEF, os valores que não forem retirados hoje vão permanecer nas contas do FGTS de seus titulares. Porém, só poderão ser sacados conforme as regras previstas na Lei 8.036/1990, que valia antes da medida provisória (MP) que liberou excepcionalmente os saques no início do ano com a intenção de amenizar a crise econômica - ao todo, a MP vai liberar R$ 43,6 bilhões para 30,2 milhões de trabalhadores. 

Ou seja, os recursos poderão ser utilizados quando houver demissão sem justa causa, término do contrato por prazo determinado, suspensão do trabalho avulso e rescisão do contrato por fechamento de empresa, culpa recíproca ou sentença judicial. Também podem usar o FGTS trabalhadores que se aposentarem, chegarem aos 70 anos, passarem mais de três anos fora do regime do fundo e forem diagnosticados com câncer, HIV ou doenças graves em estágio terminal. O fundo ainda é liberado para financiamentos habitacionais ou em caso de falecimento do trabalhador. 

Informações Folha de PE

domingo, 30 de julho de 2017

Colégio e Curso Alternativo

AVISO IMPORTANTE



Convite - É amanhã 31 de Julho


Da Assessoria

Secretária de Ação Social Rosilene Lagos comemora o sucesso da 11ª Conferência Municipal de Assistência Social em Jataúba

Na última quinta-feira 27 aconteceu na cidade de Jataúba a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social com o Tema: Garantia dos Direitos no Fortalecimento do SUAS. O evento aconteceu na câmara de vereadores do município e contou com a presença de representantes das associações, poder legislativo, poder executivo, Conselho Tutelar, Imprensa e população em geral.
Durante a conferência foram discutidos vários temas de interesse da sociedade Jataubense, onde foram formados quatro grupos para discutir quatro eixos propostos pela secretaria:

Eixo I – A proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para gestão dos direitos sócio assistenciais.

Eixo II – Gestão democrática e controle social: O lugar da sociedade civil no SUAS.

Eixo III – Acesso as seguranças sócio assistenciais e a articulação entre os serviços, benefícios e transferência de renda como garantia de direitos sócio assistenciais.

Eixo IV – A legislação como instrumento para a gestão de compromissos e responsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos sócio assistenciais.
Ainda durante o evento a secretária de Ação Social do município Rosilene Lagos e o Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social Walter Fortunato apresentaram os relatórios de gestão e serviços da secretária no primeiro semestre de 2017, tivemos também apresentações culturais e a palestra magna proferida por Anderson Luiz Duque.
A secretária Rosilene falou sobre a importância do evento: “Estou muito satisfeita com o evento uma vez que a participação efetiva da população nas discussões é de fundamental importância, os usuários da secretaria estão participando e nossa equipe está atenta para que possamos atender os anseios dos mesmos, pra mim é um prazer está a frente de uma secretaria tão importante, pois, certamente é a que está mais perto e diretamente em contato com as pessoas, agradeço ao poder público pelo apoio que nos tem dado, e essa conferência serve além parâmetro para o fortalecimento e o desenvolvimento de projetos para buscarmos os investimentos, serve como termômetro para avaliar o nosso trabalho”, destacou Rosa.
Para Walter Fortunato a secretária de ação social é a porta de entrada para as pessoas que precisam dos benefícios ofertados pelo governo: “É através da ação social que as pessoas tem acesso à programas como Bolsa Família, tarifa social e tantos outros, essas discussões são muito importantes para a ampliação desses programas e a conquista de outros, estamos de portas abertas para atender a população da melhor maneira possível, a equipe está sempre a disposição com profissionais prontos para auxiliar no que for possível, estou muito satisfeito com o evento e certamente através das discussões que estão sendo feitas aqui iremos colher excelentes resultados” disse Walter.
Walter ainda alertou a população, pois, segundo ele existe no município alguns atravessadores que de forma irregular oferecem ajuda às pessoas tirando vantagens, porém, as pessoas devem procurar o CRAS para qualquer dúvida ou qualquer tipo de informação, pois, o órgão é a porta de entrada para todos os programas sociais.
O evento foi finalizado com a análise das propostas apresentadas e a aprovação das mesmas por parte dos delegados.

Confira Imagens:



















Jota Silva /Agreste No Ar







Agreste Central recebe R$ 502 milhões, maior investimento do Pernambuco em Ação

CARUARU – O Pernambuco em Ação chega ao Agreste Central e realiza o maior investimento de todas as rodadas do seminário. O governador Paulo Câmara liberou o montante de R$ 502 milhões para a região, com atenção especial à sustentabilidade hídrica – R$ 488 milhões. Somente a ordem de serviço de implantação do Sistema Adutor do Agreste (Lote 5) recebeu R$ 226 milhões, beneficiando dois milhões de habitantes. Para o auditório do Senac lotado de pessoas, o governador anunciou ainda medidas voltadas para os setores de infraestrutura, educação, transportes, agricultura familiar, turismo e cidades.
“Vou continuar a trabalhar por um Pernambuco melhor, pelo nosso povo. Meu compromisso não pode ser outro a não ser continuar a fazer parcerias, rodar o Estado e priorizar aquilo que a gente sabe que é importante. Nunca tive tão animado e determinado a trabalhar por esse Estado. Hoje, fizemos anúncios que dialogam com a realidade e necessidade de cada município”, afirmou o governador Paulo Câmara. O gestor estadual destacou que os investimentos em recursos hídricos não vão parar. “Vamos continuar a fazer esforços, pois recursos hídricos são prioridade para o Governo do Estado. Para que a gente tenha condições de levar água para todas as regiões, vamos continuar a, entre outras ações, realizar perfuração de poços e implantação de sistemas de esgotamento sanitário”, assegurou Paulo.
A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, destacou a importância do seminário Pernambuco em Ação, principalmente, em um momento de dificuldade em todo o País. “O momento que vivemos exige de nós mais compromisso com as pessoas, mas a gente não consegue fazer nada sozinho. Precisamos do apoio e da parceria efetiva do Governo do Estado. Por isso, é tão importante o Pernambuco em Ação no Agreste Central, para ouvir as demandas e tirá-las do papel”, frisou a gestora municipal.
Para atenuar os efeitos da seca que castiga a região há sete anos, o governador assinou a ordem de serviço para implantar Sistema Adutor do Agreste – Lote 5. A obra consiste na implantação de adutoras para abastecer os municípios de Bezerros, Gravatá, São Bento do Una, Lajedo, Cachoeirinha e Brejo da Madre de Deus, com extensão total de 152km. O prazo para execução da obra é de 720 dias após a emissão da ordem de início dos serviços. O governador também autorizou a licitação para o início das obras da Adutora de Serro Azul, estimadas em R$ 200 milhões, e anunciou que realizará uma audiência pública no começo de agosto.
Também na área hídrica, foi inaugurada a primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário de Tacaimbó. Com um investimento de R$ 17 milhões – recursos do Governo do Estado, via Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) – o equipamento contemplará 10 mil pessoas. A também ordem de serviço para o Sistema de Esgotamento Sanitário do município de Sanharó esteve entre os anúncios. Com um valor estimado em R$ 26 milhões, a ação atenderá 25 mil habitantes e tem um prazo de 15 meses para conclusão.
As obras não se limitaram aí. Foram dadas ordem de serviço para ampliação e modernização do SES de Caruaru e a requalificação do interceptor, que beneficiará 10 mil habitantes, e para as estações elevatórias de esgotos sanitários Rendeiras II e III, José Liberato I e Boa Ventura. O governador assinou, também a ordem de serviço para adequação das estações elevatórias do Sistema Adutor do Prata. A ação, estimada em R$ 2,6 milhões, atenderá uma população de 500 mil habitantes.
Durante o seminário, foi autorizado o convênio da implantação do sistema de abastecimento de água do Distrito de Cabanas – Cachoeirinha. A obra, estimada em R$ 2,3 milhões, composto por 9 km de sistema adutor e rede de distribuição, contemplará os 2,5 mil habitantes da localidade. Para a construção de uma estação de tratamento de água com capacidade para 20 litros por segundo (l/s), foi dada ordem de serviço do projeto de abastecimento de água de Sapucarana e Encruzilhada de São João. Para esta ação, orçada em R$ 2,5 milhões, o prazo de conclusão é de 12 meses. Quando pronta, o equipamento beneficiará 3 mil habitantes.
FEM – Por meio do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal, o governador Paulo Câmara liberou R$ 3.024.183,47 para 15 municípios do Agreste Central: Bonito, Agrestina, Altinho, Bezerros, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Jataúba, Panelas, Pesqueira, São Bento do Una, São Caetano, São Joaquim do Monte, Sairé e Tacaimbó. Entre as ações que serão executadas, estão pavimentação asfáltica em diversas ruas, serviços de urbanização e iluminação, reforço e ampliação de espaços públicos e fortalecimento de políticas públicas de promoção do direito das mulheres.
Além do secretariado, estavam presentes o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa; os deputados federais Fernando Monteiro, André de Paula, João Fernando Coutinho; os deputados estaduais Laura Gomes, Clodoaldo Magalhães, Isaltino Nascimento, Tony Gel, Waldemar Borges, Aluísio Lessa, João Eudes; Eriberto Medeiros; e prefeitos da região.
Informações Edmar Lyra

Vereadora santa-cruzense é vítima de assalto na Capital da Moda

No início da noite deste sábado (29), a vereadora de Santa Cruz do Capibaribe, Jessyca Cavalcanti foi vítima de um assalto enquanto chegava na residência de uma ex-aluna que teria sido mãe há pouco tempo no bairro Dona Lica 1.
Segundo informações, três elementos estavam a pé e de arma em punho anunciaram o assalto contra a vereadora que estava junto com o seu esposo e filha, após a mesma estacionar o carro em frente ao imóvel e se dirigia até a porta da casa.
Os elementos acabaram levando celulares e o veículo Fiat Strada Adventure de cor verde e placas OYR-1734, e seguiram sentindo Avenida Biu de Deda, bairro São Jorge.
Após o fato, a vereadora compareceu na delegacia de polícia local para registrar o boletim de ocorrência.

Informações Ney Lima

Valmir Ribeiro prepara cesta básica para levar à Câmara de vereadores, em protesto contra aprovação de auxílio alimentação

O empresário santa-cruzense Valmir Ribeiro publicou neste sábado (29), em uma rede social, que estaria preparando uma cesta básica para levar á Câmara de vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, durante a primeira reunião do segundo período que ocorrerá na próxima quinta-feira (03).
Segundo o empresário, o ato será em protesto contra a aprovação do auxílio alimentação no valor de R$ 1.200,00 para parlamentares e servidores da Casa de Lei. Na rede social, Valmir solicitou que outras pessoas também possam na ‘campanha’.

“Preparada a cesta básica para ajudar os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe. Quinta-feira, dia 3 de agosto tem reunião, leve você também a sua contribuição. Esse “auxílio” eles estão precisando” – relatou. 

ENTENDA: O benefício do auxílio alimentação foi aprovado por unanimidade em duas votações, em 23 de maio deste ano, sem que nenhum vereador ampliasse a discussão sobre o tema no plenário.
O benefício poderá se estender também aos servidores da Casa, com o valor máximo de R$ 1.200,00. No diário oficial, o aviso de licitação para contratação da empresa que vai operar o benefício prevê uma despesa de até R$ 381 mil durante o contrato.
O assunto causou polêmica na cidade e, foi visto como uma espécie de compensação pelo não aumento de salário dos vereadores, barrado recentemente pela Justiça através de medida liminar.

Informações Ney Lima

Congresso Nacional custa R$ 1,16 milhão por hora aos brasileiros, diz ONG

Congresso nacional
Formado pelo Senado Federal e a Câmara de Deputados, o Poder Legislativo custa R$ 1,16 milhão por hora aos cidadãos brasileiros, em todos os 365 dias do ano. Essa é uma conclusão da organização não governamental (ONG) Contas Abertas, divulgada nesta semana. O custo inclui fins de semana, recessos parlamentares e as segundas e sextas-feiras, quando os parlamentares deixam a capital federal e retornam para suas bases eleitorais.

O valor também inclui o salário do parlamentar. Cada deputado federal, por exemplo, recebe um salário bruto de R$ 33,7 mil. Os 513 deputados federais custam, em média, R$ 86 milhões ao mês e um custo anual de R$ 1 bilhão. Cada senador também tem um salário bruto de R$ 33,7 mil.

Segundo o fundador e secretário-geral da ONG, Gil Castello Branco, o levantamento dá ao cidadão "a dimensão exata de quanto custa nossa representação". "A democracia não tem preço, mas o nosso Congresso tem custos extremamente elevados. Ele tem uma péssima imagem junto à população e pode, sim, reduzir seus custos. Cada parlamentar pode ter 25 assessores, um senador pode ter 50, 60, inclusive no seu próprio escritório de representação. Há privilégios e mordomias que podem ser contidos", diz.

Branco reforça que os abusos, verificáveis em todos os Poderes, têm o aval do presidente Michel Temer. "O dado do orçamento deles está na Lei Orçamentária Anual [LOA], sancionada pelo presidente da república. Temos criticado os 60 dias de férias de membros do Judiciário, auxílios a magistrados, os benefícios fiscais, que precisam ser revistos. Quando se tem um déficit de R$ 139 bilhões e o orçamento da saúde é de R$ 125 bilhões, o natural é que se tente reduzir essas despesas em todos os Poderes. Deveria partir dos próprios titulares dos Poderes a tentativa de reduzir [esses gastos]".

No cálculo, foram incluídos os recessos parlamentares e finais de semana. A ONG decidiu quantificar ainda os gastos gerados nas segundas e sextas-feiras, quando não há sessões deliberativas ordinárias. Nesses dias, porém, o Senado e a Câmara continuam funcionando, porque podem ocorrer sessões de debates, solenidades e reuniões de suas comissões. Em seu site, a ONG destacou que, nesses períodos, "os parlamentares deixam a capital federal para fazer política em suas bases eleitorais".

Outro ladoA Agência Brasil solicitou às duas Casas do Congresso que comentassem o levantamento. A Câmara dos Deputados escreveu que "desconhece o método utilizado" e que mensurações como o da entidade "levam a valores genéricos pouco elucidativos", já que, entre os gastos, há valores relativos à compra de bens duráveis com longa vida útil, que poderiam ser juntados na classe de investimento. Esses bens, portanto, não poderiam ser interpretados como sinais de exorbitância.

"Esclarecemos que configura equívoco calcular as despesas da Câmara dos Deputados a cada hora com base na mera divisão do valor total de seu orçamento pela quantidade de horas ao longo de um ano, na medida em que a previsão descrita no Orçamento da União abrange despesas relacionadas tanto a custeio quanto a investimento. A partir do raciocínio utilizado, é possível concluir, por exemplo, que o Poder Legislativo custa, por cidadão brasileiro, cerca de meio centavo de real por hora ou R$ 48 por ano", diz trecho da nota.

Castello Branco rebateu, dizendo que "não cabe nenhuma contestação". "Só mudaram o denominador e querem contestar o critério. E é claro que tem que ser calculado o custeio. Há custos com os funcionários, água, vigilância, o cafezinho, o papel, os computadores, as obras, os automóveis, a manutenção dos imóveis funcionais, está tudo somado. É um cálculo simples. É o orçamento anual das casas dividido por 365", disse.

Em resposta à reportagem, o Senado se limitou a mencionar seu Portal da Transparência, que foi visitado mais de 743 mil vezes no ano passado. O número de acessos subiu 55,1%, em relação a 2015.

Informações Folha de PE

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Em Jataúba, prefeito fala sobre denúncias da oposição, "estamos dentro da legalidade".

Resultado de imagem para antônio de roque
Após um vídeo que foi publicado nas redes sociais e matérias veiculadas nos blogs onde os vereadores de oposição Maviael de Abílio (PSD) e Zuza do Jacú (PTB) denunciam a prefeitura de Jataúba de cometer irregularidades no local onde será construída uma creche no município por segundo eles usarem veículos e funcionários da prefeitura de forma irregular, bem como por segundo eles não ter colocado uma placa identificando o nome da empresa, valor da obra e data de inicio e término da mesma, o prefeito Antônio de Roque entrou em contato com nossa redação para esclarecer a situação.
O prefeito falou que tudo que está sendo feito no local está dentro da legalidade, ele disse que os recursos já estão garantidos. “A contrapartida do município é entregar o terreno pronto, nivelado e aquele terreno tinha muito desnível, muita pedra e agente teve que tirar a pedra pra planear o terreno, prefeitura contratou o pessoal pra quebrar as pedras e os veículos estão fazendo a limpeza do terreno”, disse o prefeito.
Ainda segundo Antônio de Roque, a obra já era pra ter sido iniciada, porém o processo de aprontar os desníveis do terreno se prolongou além do tempo por conta da grande quantidade de pedras. E disse acreditar que até o dia 10 de agosto estará assinando a ordem de serviço para que a empresa que ganhou a licitação possa se instalar e iniciar as obras.
“Pediram uma placa no local”, mas, eu só posso colocar uma placa quando assinar a ordem de serviço, quando eu assinar, aí sim, vai ter uma placa lá indicando o valor da obra e a data de início e término dela, podem acionar ministério público o que quiser, pois, não tem nenhuma irregularidade, inclusive lá no site do ministério, o FNDE vai dizer que a contrapartida do município é entregar o terreno em condições de construir”, Falou Antônio.
De acordo com o prefeito essa é mais uma questão meramente política, mas, que segundo ele não irá atrapalhar o andamento das obras, o prefeito ainda falou que escola do local também se deu por conta das dimensões do terreno exigidas pelo ministério que é 35x45”.


Jota Silva / Agreste No Ar