sábado, 13 de maio de 2017

Mesa diretora volta a criticar conduta de vereadores no uso da tribuna da Câmara em Santa Cruz

Vereadores Ronaldo Pacas e Zé Minhoca relataram insatisfação – Fotos: Thonny Hill
Mais uma vez, a conduta por boa parte de vereadores de Santa Cruz do Capibaribe voltou a ser alvo de críticas por parte da Mesa Diretora.
Em diversas sessões ordinárias ocorridas este ano, boa parte dos vereadores das duas bancadas, ao realizarem seus embates, tem tido condutas questionáveis, em especial com uso de apelidos e insultos pessoais.
Desta vez, os ataques aconteceram na sessão em que muitos dos próprios edis levaram suas mães e filhos para uma pequena comemoração, que aconteceu após o fim da sessão.
Entre as palavras pejorativas que vem sendo usadas de forma corriqueira nos discursos estão “frouxo”, “ladrão”, “safado”, “mentiroso” entre outras, além de gritos e incitações a manifestações do público presente, em especial aos mais partidários.
Sobre a conduta adotada por boa parte dos edis na sessão, se posicionaram Ronaldo Pacas (PR) e Zé Minhoca (PSDB).

“Quero pedir aos colegas que tem um vereador na tribuna para fazer o uso da palavra. Vossas excelências foram ouvidas, que se possa se manter a reciprocidade. As questões pessoais, de quem é “frouxo ou de quem não é”, deve ser discutida lá fora. Fica esse tipo de coisa, que não concordo. Todos devem se tratar bem” – disse Ronaldo Pacas.

“Me perdoem mães e filhos de vereadores aqui presentes. Me perdoem. Fico até envergonhado em ver vocês que estão aqui para ver esse comportamento e o que a imprensa diz da gente. Ainda bem que teve pessoas que já disseram o que acontece aqui” – desabafou Zé Minhoca.


Informações Ney Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário