domingo, 30 de abril de 2017

Prefeito Hilário recupera gramado do estádio Valdomiro Silva em Brejo da Madre de Deus

O gramado do estádio Valdomiro Silva estava em situação precária devido à falta de chuvas no município que já vem enfrentando há alguns meses uma grande estiagem.

Na gestão passada foi perfurado um poço artesiano nas dependências do estádio para que a água fosse para cuidar do gramado, assim que assumiu o Prefeito Hilário tornou o estádio uma de suas prioridades para realizar um grande campeonato aberto que vai trazer as emoções dos bons campeonatos para Brejo da Madre de Deus.
Condições do gramado antes de começar a ser tratado
O diretor de esportes Dão vem mostrando toda sua competência ao lado de sua equipe que vem trabalhando forte para as competições acontecerem no nosso município, Dão esteve acompanhado o dia a dia do gramado e hoje vê que seu trabalho não foi em vão.
A reabertura do estádio vai acontecer segunda feira, feriado nacional onde a diretoria de esportes vai realizar um grande torneio para o trabalhador e aproveitar pra mostrar a população Brejense que o estádio está pronto para receber competições.
O gramado do estádio Valdomiro Silva já chegou a ser considerado um dos melhores gramados de Pernambuco.

Do:Blog São Domingos Informa Fonte:Blog Fazenda Nova On Line

Após perseguição Polícia prende traficantes em Jataúba

Fotos: Gilson Fernandes
Na noite de sábado (29) policiais militares realizaram a prisão de dois traficantes na cidade de Jataúba.
De acordo com as informações, ao realizar rondas na localidade de Barro Branco, os dois acusados, Renato Nunes de Moura e João Batista da Silva (ambos com 18 anos) foram avistados.
Ao perceberem a polícia, tentaram fugir entrando em uma casa e depois pulando o muro, entrando em um matagal, sendo capturados.
Com a revista dentro da casa, foram localizadas várias porções de maconha embalada, escondida em um banheiro.
Ambos foram trazidos a delegacia de plantão em Santa Cruz, onde ficaram a disposição da justiça.
Um terceiro suspeito conseguiu fugir. Outro fato que chamou a atenção foi a localização de uma peruca na casa, que estaria sendo usada por um dos traficantes no ato da tentativa de fuga.

Informações Ney Lima

Temer diz que respeita manifestações, mas garante que Reformas seguirão trâmite no Congresso

Nota oficial
As manifestações políticas convocadas para esta sexta-feira ocorreram livremente em todo país. Houve a mais ampla garantia ao direito de expressão, mesmo nas menores aglomerações. Infelizmente, pequenos grupos bloquearam rodovias e avenidas para impedir o direito de ir e vir do cidadão, que acabou impossibilitado de chegar ao seu local de trabalho ou de transitar livremente. Fatos isolados de violência também foram registrados, como os lamentáveis e graves incidentes ocorridos no Rio de Janeiro.
O governo federal reafirma seu compromisso com a democracia e com as instituições brasileiras. O trabalho em prol da modernização da legislação nacional continuará, com debate amplo e franco, realizado na arena adequada para essa discussão, que é o Congresso Nacional. De forma ordeira e obstinada, o trabalhador brasileiro luta intensamente nos últimos meses para superar a maior recessão econômica que o país já enfrentou em sua história. A esse esforço se somam todas as ações do governo, que acredita na força da unidade de nosso país para vencer a crise que herdamos e trazer o Brasil de volta aos trilhos do desenvolvimento social e do crescimento econômico.
Michel Temer
Presidente da República

Veículo capota na PE-160 após condutor perder o controle

Na noite de sábado (29) mais um acidente foi registrado na rodovia PE-160, mais precisamente próximo ao Haras Xô Boi. Na ocasião a vítima seguia em um veículo de passeio sentido Pão de Açúcar, distrito de Taquaritinga do Norte, quando perdeu o controle a acabou capotando.

Apesar da gravidade do acidente o popular que guiava o automóvel não sofreu ferimentos graves e saiu do local caminhando. O condutor não deu declarações sobre o que teria levado a perder o controle do volante.

Informações Blog do Bruno Muniz

Datafolha: Lula cresce, Bolsonaro é 2º , Moro já surge

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) cresceu e aparece no segundo lugar da corrida para a Presidência em 2018, empatado tecnicamente com a ex-senadora Marina Silva (Rede). É o que aponta a primeira pesquisa Datafolha após a divulgação de detalhes da delação da Odebrecht, que atingiu em cheio presidenciáveis tucanos – que veem o prefeito paulistano, João Doria (PSDB), surgir com índices mais competitivos. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por sua vez, mantém-se na liderança apesar das menções no noticiário recente da Lava Jato.
O Datafolha fez 2.781 entrevistas, em 172 municípios, na quarta (26) e na quinta (27), antes da greve geral de sexta (28). A margem de erro é de dois pontos percentuais.
O deputado Bolsonaro, que tem posições conservadoras e de extrema direita, subiu de 9% para 15% e de 8% para 14% nos dois cenários em que é possível acompanhar a evolução. Nesses e em outros dois com candidatos diversos, Bolsonaro empata com Marina.
Ele é o segundo nome mais lembrado de forma espontânea, com 7%. É menos que os 16% de Lula, mas acima dos 1% dos outros.
Com uma intenção de voto concentrada em jovens instruídos e de maior renda, Bolsonaro se favorece da imagem de "outsider" com baixa rejeição (23%) e do fato de que o Datafolha já registrava em 2014 uma tendência conservadora no eleitorado.
Ele parece ocupar o vácuo deixado por lideranças tradicionais de centro-direita do PSDB, golpeadas na Lava Jato, confirmando a avaliação de que há espaço para candidaturas que se vendam como antipolíticas em 2018.
Aécio: tão rejeitado quanto Lula
O senador Aécio Neves (MG), que terminou em segundo em 2014 e hoje é investigado sob suspeita de corrupção e caixa dois, é o exemplo mais eloquente da crise tucana. É tão rejeitado quanto Lula: não votariam nele 44%, contra 30% no levantamento de dezembro passado. Sua intenção de voto oscilou de 11% para 8%, quando era de 26% no fim de 2015.
Já o governador Geraldo Alckmin (SP) viu sua rejeição pular de 17% para 28%, e sua intenção de voto oscilou para baixo, de 8% para 6%. Até a delação da Odebrecht, em que é suspeito de receber R$ 10,7 milhões em caixa dois, ele passava relativamente ao largo da Lava Jato.
Marina, com "recall" de candidata em 2010 e 2014, registra tendência de queda nos cenários de primeiro turno. Para o segundo turno, ela segue na liderança, mas empata tecnicamente com Lula.
O ex-presidente mostra resiliência enquanto surgem relatos de sua relação com a construtora OAS e tendo a possibilidade de ficar inelegível se for condenado em duas instâncias na Lava Jato.
Nos dois cenários aferíveis, suas intenções subiram para 30%, saindo de 25% e 26%.
Lula atinge assim o terço do eleitorado que era considerado, antes da debacle do governo Dilma Rousseff, o piso de saída do PT. Parte do desempenho pode estar associado à vocalização da oposição ao governo Michel Temer (PMDB), impopular.
Moro começa a aparecer
Já na pesquisa de segundo turno, Lula derrota todos exceto Marina e um nome que não havia sido testado até agora: o do juiz Sergio Moro, que comanda processos contra o ex-presidente na primeira instância da Lava Jato.
Sem partido, Moro supera Lula numericamente, com empate técnico: 42% a 40%. No cenário de primeiro turno em que é incluído, o juiz chega tecnicamente em segundo. Neste cenário, o apresentador Luciano Huck (sem partido, mas sondado pelo Novo), estreia com 3%.
Outro neófito na pesquisa é Doria, que tem tido o nome cada vez mais citado como pré-candidato ao Planalto. Ele ultrapassa seu padrinho Alckmin, ainda que dentro da margem de erro. E tem duas vantagens importantes: ainda não é um nome nacionalmente conhecido e tem baixa rejeição, de 16%.
Na hipótese de ser o candidato tucano com Lula, Doria pontua 9% no quarto lugar. Sem Lula, sobe para 11% mas fica na mesma posição, ultrapassado por Ciro Gomes (PDT) –que tenta se posicionar como nome da esquerda caso o petista não concorra. No segundo turno, Doria perderia para Lula, Marina e Ciro.

Folha de S.Paulo – Igor Gielow

Jovem é morto em Pão de Açúcar, distrito de Taquaritinga do Norte

A noite de sábado (29) foi marcada por mais um crime de morte em Pão de Açúcar, distrito de Taquaritinga do Norte. Segundo informações coletadas na localidade do crime, a vítima foi identificada como sendo Genivaldo Avelino dos Santos, de 22 anos.

A polícia informou que a vítima foi alvejada por vários disparos de arma de fogo por possivelmente dois indivíduos que ainda não foram identificados. Testemunhas do crime disseram ter ouvido uma média de dez disparos.

O jovem ainda chegou a ser socorrido para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Capibaribe, porém morreu antes de ser transferido para outra unidade hospitalar. O corpo foi levado ao IML, em Caruaru.

Do Blog do Bruno Muniz

sábado, 29 de abril de 2017

Greve geral virou vandalismo nas ruas das principais capitais de todo Brasil

Sem conseguir fazer uma grande mobilização, as centrais optaram por criar tumulto para dar visibilidade aos protestos. O que se viu foram bolsões de intolerância, um grupo querendo resolver pela violência o que não consegue resolver pela palavra, pelo diálogo e o entendimento. O vandalismo observado, ontem, principalmente em São Paulo, é intolerável, repugnante e rejeitado pela sociedade. A população reprovou os atos covardes de ataques ao patrimônio público. Incendiar ônibus, depredar agências bancárias e vitrines de lojas comerciais é crime.
Os que praticaram deveriam estar presos. As centrais que promoveram o vandalismo, impedindo o libre direito de ir e vir não atraem o apoio dos diversos setores da sociedade. Só atraem a ira. Há uma debilidade política enorme no discurso das centrais sindicais. Sem obter convencimento por meio de um discurso anacrônico, as lideranças que promoveram a bagunça de ontem fizeram um esforço de agitação para manipular os liderados.
A reforma da Previdência tem que ser feita, se não neste Governo, mas no próximo, porque ela é imprescindível. Não é questão de governo, seja ele Temer ou qualquer que seja. É uma necessidade do País. O Brasil não pode ser transformado no Rio de Janeiro, que enfrenta uma crise fiscal sem precedentes, a ponto de dividir em 12 parcelas o 13º salários dos servidores públicos.
Os protestos violentos não devem prejudicar a mobilização pela aprovação da reforma da Previdência. Se tivesse sentimento nacional contra reformas, haveria mobilização da sociedade. Isso não aconteceu. O que se viu, ontem, foram movimentos violentos induzidos pelos sindicatos. Foram estarrecedoras as imagens de violência em alguns protestos, tirando o direito de ir e vir da população.
Isso não é democrático. Usaram métodos não convencionais para impedir a saída de ônibus das garagens, dos metrôs, queimaram pneus nas vias para paralisar algumas cidades. Tentaram fechar aeroportos e houve até tentativa de provocar acidentes envolvendo trens em São Paulo. As cenas de agressão no aeroporto Santos Dumont lembraram cenas da Venezuela. A democracia brasileira não aceita isso. O Brasil, felizmente, não é a Venezuela.
REAÇÃO DE TEMER– O presidente Michel Temer (PMDB) decidiu soltar uma nota lamentando a violência em protestos. No texto, Temer ressaltou também a necessidade de respeito aos valores da democracia. Mais cedo, o presidente cogitou fazer um pronunciamento, diante dos protestos convocados pelas centrais sindicais contra as reformas trabalhistas e da Previdência. Mas diante dos desdobramentos ao longo do dia, Temer achou melhor optar por uma nota, centrada em cima principalmente dos atos de vandalismo observados no Rio e São Paulo.
Rio de Janeiro - Polícia Militar e manifestantes entraram em confronto no centro do Rio durante protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Protesto durante greve geral termina com violência no Rio de Janeiro, dia 28/04/2017
Manifestantes e polícia entram em confronto no Rio de Janeiro, durante a greve geral, contra reformas propostas pelo governo Temer
<span>Manifestantes e polícia entram em confronto no Rio de Janeiro, durante a greve geral, contra reformas propostas pelo governo Temer</span>
Manifestantes e polícia entram em confronto no Rio de Janeiro, durante a greve geral, contra reformas propostas pelo governo Temer
Manifestantes invadem galeria em Fortaleza durante protestos contra reformas propostas pelo governo Temer
Do Magno Martins

Enxugando gelo? – Bandido que praticou arrastão em escola de Santa Cruz é solto pela Justiça

Resultado de imagem para enxugando gelo
Foi solto um homem acusado de praticar um arrastão em escola da rede estadual de ensino, em Santa Cruz do Capibaribe.
De acordo com as informações da polícia, e também imagens capturadas a partir de câmeras de segurança, Wellington Paulo da Silva (de idade não informada) pulou o muro da escola e, munido de uma espingarda artesanal, praticou o assalto em uma das salas que funcionam de forma anexa.
Ele foi preso dois dias depois na rua Quintiliano Bernardo da Cunha, bairro Centro. Com ele, foi apreendido a quantia de R$456, duas trouxas de maconha e uma TV, sendo esta fruto de roubo praticado a um restaurante.
Um fato que chamou a atenção é que, ainda de acordo com a polícia, ao ser questionado sobre os produtos roubados na escola, o mesmo afirmou que teria vendido todos os celulares e gasto todo o dinheiro que conseguiu.
Mesmo com todos os elementos que mostram a ação, inclusive a arma usada no crime, Wellington foi solto após audiência de custódia.
Relembre o caso clique (AQUI)

Informações Ney Lima

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Dória critica manifestantes que tentaram bloquear a casa do prefeito "bando de vagabundos"

Sindicalistas tentaram impedir a saída para o trabalho do prefeito de São Paulo, João Dória Junior (PSDB), mas, ao chegarem, ele já estava trabalhando na prefeitura. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, mais tarde, Doria ironizou os sindicalistas: "Da próxima vez, acordem mais cedo, vagabundos, porque o prefeito acorda cedo e trabalha desde cedo".
"Acordo cedo e trabalho, não sou grevista que dorme, é preguiçoso e acorda tarde. Não sou Jaiminho, não", disse o prefeito em referência a um personagem do seriado mexicano "Chaves". Depois completou de maneira mais incisiva: "Grevistas que querem bloquear o caminho do prefeito, vagabundos, da próxima vez, acordem mais cedo, se quiserem impedir o prefeito de chegar em seu ambiente de trabalho. Porque o prefeito acorda cedo e trabalha muito."
Segundo Doria, a Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar estão trabalhando para abrir as ruas e avenidas que os grevistas estão bloqueando. O prefeito também disse que há um comando reunido para definir ações rápidas para solucionar efeitos da greve.
O tucano também classificou os participantes da greve de "peleguistas". Segundo ele, grande parte daqueles que estão em greve são pessoas que fazem política partidária há muitos anos em benefício pessoal. "Muitos têm casas e carros de luxo a custos do trabalhador que tem que pagar contribuição sindical."
 ainda reafirmou que vai cobrar multas daqueles que romperam com a decisão da Justiça, que determinou circulação mínima de 80% dos ônibus municipais. Mas disse que não vai prejudicar os servidores que chegarem atrasados ao seu local de trabalho, visto que as condições de trânsito e transporte não estão normais.
O prefeito convocou os trabalhadores a comparecerem ao emprego. "Pessoas corretas não apoiam essa greve, ainda que chegando tarde, manifestem sua solidariedade aquilo que é direito." Doria parabenizou os funcionários da subprefeitura de Pinheiros que dormiram no local para evitar que o serviço público fosse descontinuado nesta Sexta-feira.

Informações Diário do Poder

Taquaritinga do Norte: Após polêmica, vereador devolve valor de diária e diz que demais edis deveriam fazer o mesmo

Taquaritinga do Norte – Em entrevista concedida da TV Serrana na última quinta-feira (27), o vereador Hélio Júnior Florêncio, o Hélio de Novo, informou que realizou a devolução dos valores de uma diária que recebeu para se deslocar até o município de Santa Cruz do Capibaribe, onde participou de uma audiência pública.

As informações destacadas pelo parlamentar na entrevista fazem parte do cenário pós-polêmica ocorrido essa semana, onde meios de comunicação da região repercutiram o suposto uso exorbitante de diárias no período de apenas um mês no município.
 "Fui a Santa Cruz do Capibaribe levando um ofício da câmara, através de um ofício meu, solicitando uma viatura para a feira de gado do Jerimum e graças a Deus consegui. Eu pedi uma diária, mas eu não sabia quanto era esse dinheiro. Todo vereador que sai do município de Taquaritinga tem direito a uma diária. Eu não peguei dinheiro da Casa... Eu nem sabia desse dinheiro, vim saber dias depois sobre o recebimento, eu soube quando a menina aqui da câmara me disse que havia caído o dinheiro na conta e fui ver achei o valor até alto por uma diária, mas está na Lei, não sou eu quem está dizendo, é a Lei que vem de gestões passadas", disse Hélio à TV Serrana.
Hélio disse ainda que espera que os demais parlamentares tomem a mesma postura que ele e devolvam os valores recebidos em ocasiões de pouca necessidade para viagens feitas para municípios da região. O vereador ainda criticou o comunicador que tornou o caso público o chamando de 'maldoso'.

Veja a entrevista:



Informações Blog do Bruno Muniz

Primeiras vítimas, PDT e PSB 'dispensam' quem apoiou a reforma trabalhista

A reforma trabalhista até agora não afetou um só trabalhador, mas já causou baixas no campo político. Por apoiar a reforma, 4 deputados do PSB perderam cargos no partido: Danilo Forte (CE), Fábio Garcia (MT), Tereza Cristina (MS) e Maria Helena (RR). O deputado Cadoca (PE) foi expulso do PDT pelo mesmo motivo. E Michel Temer destituiu sete vice-líderes que não atuaram a favor do governo, do cargo na Câmara. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A destituição dos deputados do PSB das presidências estaduais do partido foi uma decisão monocrática do presidente Carlos Siqueira.
Squassoni (PRB), Luiz Busato (PTB), Tereza Cristina (PSB), Marcos Montes (PSD), Mudalen (DEM) e Cap. Augusto (PR) perderam cargos.
Até o último aliado do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, Carlos Marun (PMDB-MS) perdeu a posição de vice-líder do governo.

Informações Diário do Poder

Rodovia entre Toritama e Caruaru é interditada, nesta sexta-feira

Na manhã desta sexta-feira (28) estão sendo registrados as primeiras movimentações em protestos nas rodovias Pernambucanas. Alguns trechos estão sendo interditados com barreiras feitas com galhos e pneus.
Na BR-104, entre Toritama e Caruaru, manifestantes colocaram fogo em pneus, nos dois sentidos.  As informações foram confirmadas durante o Programa Cidade Notícia, da Rádio Polo FM, por plantonistas da Polícia Rodoviária Federal.
Neste dia 28 estão sendo realizadas paralisações por todo o país. Várias entidades e categorias decidiram parar suas atividades em protesto às reformas trabalhista e previdenciária, que tramitam no Congresso Nacional.

Informações Ney Lima

PF faz buscas em escritório de advogado ligado a Renan Calheiros

A Polícia Federal saiu às ruas na manhã desta sexta-feira (28) para cumprir mandados da Operação Satélites, relacionada à Lava Jato. O principal alvo é o advogado Bruno Mendes, ligado ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Os agentes fizeram busca e apreensão no escritório de Mendes.
Ao todo, a operação tem 10 mandados, todos de busca e apreensão. A fase desta sexta foi autorizada pelo ministro Édson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), dentro de um dos 13 inquéritos abertos para investigar Renan Calheiros. Os pedidos para a operação foram enviados ao STF pela Procuradoria-Geral da República (PGR).
De acordo com a PGR, esta fase apura irregularidades praticadas na Transpetro. Os crimes envolvidos, de acordo com a procuradoria, são: lavagem de dinheiro, corrupção, organização criminosa, crimes contra a administração pública, entre outros.
O G1 buscou contato, mas ainda não havia conseguido falar com a assessoria de Renan Calheiros até a última atualização desta reportagem.
A primeira fase da Satélites foi deflagrada em março. A operação tem esse nome porque os alvos são pessoas próximas aos políticos investigados na Lava Jato no âmbito do STF. Na ocasião, os mandados tiveram como alvos pessoas ligadas a Renan, ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), ao senador Humberto Costa (PT-PE) e ao senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Eles negaram envolvimento em qualquer tipo de irregularidade.
Conversa sobre a Lava Jato
Bruno Mendes era um dos advogados de Renan presentes em uma conversa que foi gravada pelo ex-presidente da Transpetro e um dos delatores da Lava Jato Sérgio Machado.
As gravações, apresentadas por Machado em 2016, contêm conversas de uma reunião na casa do então presidente do Senado, Renan Calheiros, com a participação do ex-ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveira, quando ele ainda era conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Após a divulgação da conversa, Silveira deixou o ministério de Temer.
Segundo Sérgio Machado, na conversa houve troca de reclamações sobre a Justiça e a operação Lava Jato. Na gravação, Fabiano Silveira faz críticas à condução da Lava Jato pela Procuradoria e dá conselhos a investigados na operação.

Do G1

Em Taquaritinga – Homem é morto a facadas pelo cunhado, afirma polícia

Na tarde de quinta-feira (28) um homicídio foi registrado na cidade de Taquaritinga do Norte. De acordo com as informações da polícia, Verinaldo João de Andrade (31 anos, foto acima) foi esfaqueado no Sítio Silva de Cima, na zona rural.
Ainda segundo a polícia, o principal suspeito de ter cometido o crime seria um cunhado da vítima, que fugiu do local. Verinaldo chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas morreu pouco depois. Até o momento, o autor do crime não foi preso. O corpo foi levado ao IML, na cidade de Caruaru.

Informações Ney Lima

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Colegas de trabalho assassinaram Brejense que estava desaparecido em São Paulo

Xandão tirou uma foto com André no dia do assassinato

Foi encontrado e um rio na cidade de Santo André no ABC Paulista, o corpo do brejense José André de Barros Siqueira, de 27 anos, que estava desaparecido desde a noite da sexta-feira (21).

Após investigação a polícia conseguiu descobrir que o ajudante geral foi assassinado por dois colegas de trabalho. Edison Alexandre da Silva Santos, de 27 anos, conhecido por Xandão e Elton Felipe Gouveia de Souza de 31, foram presos e confessaram o crime.

Elton Felipe disse em depoimento a polícia que retornaram na noite da sexta-feira (21), houve uma discussão dentro do alojamento e André foi morto a facadas dentro do banheiro. Após o crime, o corpo da vítima foi enrolado em um edredom, colocado dentro de um sofá e jogado dentro de um rio. A faca utilizada no crime foi jogada em cima de uma residência, mas até agora não foi encontrada pela polícia.

O delegado Mateus Resende disse que vai formalizar o pedido de prisão temporária dos dois e vai dar prosseguimento ao inquérito.

Veja a reportagem do Balanço Geral da Record TV de São Paulo

Do Estação Notícias

Treze dos 22 deputados federais que foram votados em Jataúba votaram sim pela reforma trabalhista

A votação da reforma trabalhista pela câmara dos deputados nesta quarta-feira (26) trouxe a tona uma grande discussão em todo o país, entre apoiadores e aqueles que discordam o conteúdo do texto votado e aprovado pelos deputados fica a população e a grande discussão é estão os deputados contra ou a favor da população? Em Jataúba Agreste Pernambucano o tema faz parte das rodas de conversa e muitos estão revoltados com os posicionamentos de alguns parlamentares.

Dos 25 deputados federais com compõem a bancada Pernambucana no Congresso Nacional 22 obtiveram votos no município nas eleições de 2014 e entre eles só os deputados Danilo Cabral (PSB), Eduardo da Fonte (PP), Gonzaga Patriota (PSB), Luciana Santos (PCdoB), Pastor Eurico (PHS), Silvio Costa (PTdoB), Tadeu Alencar (PSB) e Wolney Queiroz (PDT) votaram contra a reforma e o deputado Zeca Cavalcante (PTB) que obteve 14 votos em Jataúba esteve ausente, sendo que 13 dos deputados votados no município votaram favoráveis a proposta do governo.

Dentre os 25 deputados os únicos que não tiveram votos no município foram Marinaldo Rozendo (PSB), Kaio Maniçoba (PMDB) e Adalberto Cavalcanti (PTB) todos votaram pelo sim, os demais deputados votaram pela aprovação da reforma e o que chama a atenção é que os majoritários no município deputados Bruno Araújo (PSDB) com 4.772 votos, João Fernando Coutinho (PSB) com 2.855 votos além de Mendonça Filho (DEM) que obteve 265 votos e hoje é o representante do grupo de oposição foram favoráveis o que causou muitas divergências de opiniões dentro dos grupos políticos do município.

Até o momento o prefeito do município Antônio de Roque que é aliado de muitos anos de Bruno Araújo não se posicionou oficialmente sobre o tema, bem como o líder da oposição Fábio Mamão que foi aliado de João Fernando Coutinho e hoje está com Mendonça Filho ambos favoráveis a reforma, vereadores de ambas as alas ainda não se posicionaram oficialmente quanto ao tema com exceção de Zuza do Jacú (PTB) que sempre foi um crítico e se mostrou contrário as reformas propostas pelo governo federal.

Resta saber qual será o posicionamento da população Jataubense nas eleições de 2018, já que muitos desses deputados estarão mais uma vez garimpando os votos dos Jataubenses, será que a revolta de muitas pessoas hoje nas redes sociais e nas ruas será refletida nas urnas? Como irão se posicionar os políticos e lideranças do município diante de um tema tão relevante para a população?


Jota Silva / Agreste No Ar

Guarda Civil Comunitária em ação conjunta com a polícia civíl recupera mais um veículo roubado em Jataúba

Um fato muito curioso aconteceu no município de Jataúba, onde segundo informações um carro Fiesta de com branca ano 2015 e placas QLC 2945 da cidade de Arapiraca Alagoas teria sobrado na PE-145 no sentido Jataúba a Brejo da Madre de Deus. O que chamou a atenção de alguns moradores foi que o carro sobrou no Sítio Apolinário município de Jataúba e os dois ocupantes do mesmo logo após o acidente saíram do carro entraram em outro veículo onde se evadiram deixando o Fiesta para trás. 
A Guarda Civil Comunitária de Jataúba foi acionada e foi ao local onde junto com a policia civil rebocaram o carro pra delegacia de Jataúba onde a Policia Civil fez uma vistoria no veículo e descobriram que o mesmo era roubado.  A verdadeira identificação do veículo é placas OHJ-4190 da cidade de Maceió capital do estado de Alagoas e pertence ao senhor Marcus Vinicius Campos de Lima, a Policia entrou em contato com a delegacia de Maceió para serem tomadas as medidas cabíveis e posteriormente o veículo ser entregue ao seu proprietário. 


Ruy Siqueira / Portal do Agreste

Reforma trabalhista: Confira como votou a bancada de Pernambuco

Resultado de imagem para bancada de pernambuco
Depois de mais de 10 horas de sessão, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem o texto-base da reforma trabalhista, uma das prioridades do governo de Michel Temer. Foram 296 votos a favor do relatório do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) e 177 contra. Houve traições em partidos da base. O PSB e o Solidariedade, por exemplo, orientaram seus deputados a votar contra a reforma. Mais oito socialistas, entre eles três pernambucanos (Fernando Filho, Marinaldo Rosendo e João Fernando Coutinho) votaram a favor, seguindo a tendência da maioria da bancada do estado: 16 a favor e 8 contra (ver quadro). Os deputados analisavam, até o fechamento desta edição, 17 emendas que poderiam alterar pontos do texto. Após isso, a reforma segue para o Senado.
A sessão foi marcada pelo embate entre governo e oposição. “Coveiros da CLT, inimigos da classe trabalhadora”, bradou em discurso Wadih Damous (PT-RJ). 
A oposição patrocinou vários protestos. Portando cartazes contra o projeto e caixões com a inscrição “CLT”, deputados do PT, PCdoB e PSol, entre outros, subiram à Mesa do plenário e, por alguns minutos, conseguiram interromper a leitura do relatório de Rogério Marinho. A ex-prefeita de São Paulo Luiza Erundina (PSol) chegou a gritar “não à essa desgraça de reforma”. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um dos principais defensores da reforma, chegou a se exaltar em vários momentos da sessão. 
Como votou a bancada de Pernambuco

25 deputados

Sim 16
Adalberto Cavalcanti (PTB)     
André de Paula  (PSD)     
Augusto Coutinho (SD)
Betinho Gomes (PSDB)     
Bruno Araújo (PSDB)
Cadoca (PDT) 
Daniel Coelho (PSDB)
Fernando Coelho Filho (PSB)
Fernando Monteiro (PP)
Jarbas Vasconcelos (PMDB)
João Fernando Coutinho (PSB)
Jorge Côrte Real (PTB)     
Kaio Maniçoba (PMDB)
Marinaldo Rosendo (PSB)
Mendonça Filho (DEM)
Ricardo Teobaldo (PTN)

Não 8
Danilo Cabral (PSB)
Eduardo da Fonte (PP)
Gonzaga Patriota (PSB)
Luciana Santos (PCdoB) 
Pastor Eurico (PHS)
Silvio Costa (PTdoB)
Tadeu Alencar (PSB)
Wolney Queiroz (PDT)

Ausente 1
Zeca Cavalcanti (PTB)


Do Diário de PE

Câmara aprova reforma trabalhista e texto segue para o Senado

Plenário da Câmara na votação da reforma trabalhista
Depois de mais de dez horas de sessão, o plenário da Câmara aprovou na noite desta quarta (26) o texto-base da reforma trabalhista, uma das prioridades legislativas do governo de Michel Temer e amplamente apoiada pelas entidades empresariais. Foram 296 votos a favor do relatório de Rogério Marinho (PSDB-RN) e 177 contra. Entre as mudanças está a prevalência, em alguns casos, de acordos entre patrões e empregados sobre a lei, o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, obstáculos ao ajuizamento de ações trabalhistas e limites a decisões do Tribunal Superior do Trabalho.

Dos 17 destaques apresentados com sugestões de alteração no texto, apenas uma foi aprovada. As demais acabaram sendo rejeitadas ou retiradas.

Apesar da vitória, o governo não conseguiu atingir mais de 308 votos, como queria, para sinalizar que tem votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência. Por se tratar de emenda à Constituição, essa reforma precisa do apoio de pelo menos 60% dos congressistas.

Houve traições em partidos da base. O PSB do ministro Fernando Bezerra Filho e o Solidariedade, por exemplo, orientaram seus deputados a votar contra a reforma.
Até a 0h15, a Câmara ainda analisava emendas que poderiam alterar pontos importantes do texto. Depois, a reforma segue para o Senado.

Após a votação do texto-base, Michel Temer disse a líderes partidários que o resultado foi "muito satisfatório". A intenção do governo agora é localizar os traidores na base aliada e aumentar a ofensiva sobre eles, com ameaças de perdas de cargos em segundo e terceiro escalões e emendas parlamentares.

O principal argumento dos governistas é que a reforma dará fôlego ao empresariado para retomar investimentos e contratações. O relator promoveu algumas mudanças de última hora no texto. Entre elas, a multa a empresa que pagarem salários diferentes para homens e mulheres que desempenhem a mesma função e que tenham o mesmo tempo de serviço no mesmo cargo.

A proposta, que entrou no texto por pressão da bancada feminina, enumera, porém, condições para que seja caracterizada a discriminação, entre elas produtividade e perfeição técnica.

Marinho também mudou a regra sobre o trabalho de gestantes e lactantes em locais insalubres. Agora, trabalhadoras em locais de grau baixo ou médio de insalubridade terão que recorrer a atestado médico para serem dispensadas do trabalho.

A votação foi marcada, mais uma vez, pelo embate entre governo e oposição, que patrocinou vários protestos. Portando cartazes contra o projeto e caixões com a inscrição "CLT", deputados do PT, PC do B e PSOL, entre outros, subiram à Mesa do plenário e, por alguns minutos, conseguiram interromper a leitura do relatório de Marinho. Luiza Erundina (PSOL) chegou a gritar "não a essa desgraça de reforma".

Um dia de suor

"São as tabuletas da mentira, carregando bandeiras da inverdade. Estamos dando a todos os trabalhadores aumento relativo a um dia de trabalho, um dia de suor", rebateu José Carlos Aleluia (DEM-BA), se referindo ao fim do imposto sindical.

"É um dia histórico, daqui a 20, 30, 40 anos nós todos seremos lembrados como parlamentares inteligentes, estudiosos e sensíveis", discursou o governista Darcisio Perondi (PMDB-RS).

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB-RS), reassumiu o mandato para votar a favor da reforma. Em discurso, apelou aos deputados para votar "não pensando nas próximas eleições, mas nas próximas gerações".

Informações Folha de PE

Operação conjunta prende criminoso que praticou arrastão em escola de Santa Cruz

Fotos: Gilson Fernandes
Nesta quarta-feira (26) uma operação conjunta entre policiais das equipes Oficial de Operações, GATI, GT-21, Malhas da Lei e Serviço Reservado conseguiram prender um homem, acusado de ser o assaltante que praticou um arrastão no interior da Escola Estadual Profa. Maria Lúcia.
O crime foi registrado na tarde de segunda-feira (24), em Santa Cruz, onde Wellington Paulo da Silva (de idade não informada) pulou o muro da escola e, munido de uma espingarda artesanal, praticou o assalto em uma das salas que funcionam de forma anexa.
Ele foi preso na rua Quintiliano Bernardo da Cunha, bairro Centro. Com ele, foi apreendido a quantia de R$456, duas trouxas de maconha e uma TV, sendo esta fruto de roubo praticado a um restaurante.
Um fato que chamou a atenção é que, de acordo com a polícia, ao ser questionado sobre os produtos roubados na escola, o mesmo afirmou que teria vendido todos os celulares e gasto todo o dinheiro que conseguiu. Ele foi apresentado a delegacia do município, onde vai ficar a disposição da Justiça.
 Vídeo mostra momento em que foi realizado arrastão dentro de escola de Santa Cruz
Nesta quarta-feira (26) o blog teve acesso a um vídeo que mostra o exato momento em que estudantes da Escola Estadual Maria Lúcia, em Santa Cruz do Capibaribe, foram alvos de um arrastão.
A imagem mostra Wellington Paulo da Silva (de idade não informada) chegando a sala de aula, onde ele aponta a arma e rende estudantes, levando vários pertences.
O criminoso foi capturado na tarde de hoje, com objetos e também dinheiro frutos de outros assaltos. Já os pertences dos estudantes, de acordo com o bandido, foram comercializados e o dinheiro arrecadado, gasto pelo mesmo.
Confira:

Informações Ney Lima

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Virou rotina, em Jataúba Antônio de Roque vence mais uma na batalha contra Fábio Mamão

A interminável novela da política Jataubense teve mais um capítulo nesta terça-feira (26) no TSE em Brasília, depois de passar pela justiça local e pelo TRE-PE o processo que pede a cassação do registro de candidatura do prefeito reeleito Antônio de Roque (PMDB), passou pelo crivo dos ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), depois de sido rejeitado um recurso da acusação pelo relator ministro Herman Benjamin em voto monocrático a Coligação Frente Popular por uma grande mudança recorreu e o processo foi nesta terça-feira para apreciação de um colegiado sendo o recurso mais uma vez negado o seu provimento por unanimidade.

Com a decisão Antônio continua prefeito do município e continua uma saga que já vem perdurando há anos onde o seu principal opositor no município Fábio Mamão (PTB) vem acumulado seguidas derrotas tanto nas urnas quanto nos tribunais. Vale ressaltar que desde o ano de 2004 Mamão vem tentando assumir os destinos do município, porém, derrotado nas urnas nas quatro eleições sempre tentou modificar o processo nos tribunais onde também jamais conseguiu êxito.

Após as eleições de 2016 onde Mamão saiu mais forte do processo eleitoral do que entrou, o líder da oposição anda sumido dos veículos de imprensa e dos principais eventos políticos que tem acontecido na região, em contraste ao G5 como é conhecido o grupo de vereadores que formam a bancada oposicionista no município que tem participado de vários eventos o que tem gerando algumas indagações. Disputará Mamão as eleições de 2020 como candidato a prefeito mais uma vez? Estaria o G5 preparando uma alternativa para isolar o até então líder da oposição? Continuará a saga de derrotas?

O fato é que com Antônio de Roque não podendo mais disputar as próximas eleições, novas lideranças poderão surgir e as eleições de 2018 certamente será o termômetro para o que poderá acontecer em 2020.


Jota Silva / Agreste No Ar

Taquaritinga do Norte: Vereador Eraldo sustenta que tem economizado na Câmara e compara números com gestões passadas

Em contato com a nossa equipe, na tarde desta quarta-feira (26), o presidente da Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte, Eraldo de Pedra Preta (PTN), justificou os valores usados em diárias parlamentares, nos primeiros meses de 2017. O vereador ainda garantiu que houve uma redução, em relação às gestões anteriores, no mesmo período.
Ao todo, os valores somam R$ 18.390,00, entre os dias 01 de janeiro e 25 de abril de 2017. De acordo com Eraldo, os valores se justificam por eventos que aconteceram justamente nesse período, e que contou com presença maciça dos parlamentares da Dália da Serra.
Eraldo citou o Congresso da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), que aconteceu em Bonito, onde foi decidido a presidência da instituição e o Congresso do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), realizado no Recife.

“Na gestão do ex-presidente Geovane Cézar, durante o mesmo período, compreende o montante de R$24.509,41. Assim como na gestão da ex-presidente, Rogéria Coelho, no período do dia 01 de janeiro de 2014 até 25 de abril de 2014, o valor foi de R$25.900,00, o que demonstra que estamos economizando”, falou o presidente.

Para Eraldo, os números naturalmente devem sofrer uma queda, na sua média ao longo do ano, com diárias esporádicas e necessárias, por parte dos vereadores.
O presidente ainda ratificou que cumpre as normas de direito e as recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e que isso poderá ser comprovado, ao fim do seu mandato, com a aprovação das contas.

Informações Blog do Ney Lima