sexta-feira, 31 de março de 2017

Caixa Lotérica de Brejo é arrombada nesta madrugada de sexta-feira 31 de Março

Na madrugada desta sexta-feira dia 31 de Março de 2017 uma Caixa Lotérica foi arrombada no centro da cidade de Brejo da Madre de Deus. Segundo informações repassadas a nossa equipe de reportagem três elementos armados chegaram em um carro Prata de placa não anotada e participaram da ação arrombando a Caixa Lotérica e levando o cofre dá mesma por volta das 3:20 da madrugada.
Foi aonde a equipe de apoio dos vigilantes de rua,que faziam rondas na cidade passaram pelo centro e perceberam uma atitude suspeita no local, de imediato acionaram a polícia militar,e logo em seguida ficaram pelo local dando apoio até a chegada dos PM's. A Polícia foi até o local fez o isolamento dá área e para a realização dá perícia do local.

Segundo o proprietário não se sabe ainda a quantia levada pelos elementos.

Manhã Nordestina

Mais uma noite de assaltos na cidade de Jataúba

Na noite desta quinta-feira (30) a cidade de Jataúba vivenciou mais uma onda de assaltos, segundo informações, várias pessoas tiveram seus pertences roubados por quatros meliantes em duas motos, sendo uma Bros e uma Pop 100, ambas não tiveram as placas anotadas. 

Segundo as informações a guarnição da Guarda Comunitária foi atrás dos meliantes que fugiram sentido Brejo da Madre de Deus, ninguém foi preso. 


Collar Blog Jataúba News

Governo cortou só 2 mil cargos e folha cresceu

O presidente Michel Temer anunciou corte de cargos comissionados, tão logo assumiu a Presidência, e de fato extinguiu mais de 2 mil deles, mas isso quase não teve impacto nos gastos com salários. Muito pelo contrário. Desde sua posse, Temer tem autorizado ou sancionado reajustes salariais que fizeram a despesa saltar de R$ 4,9 bilhões em maio de 2016, quando assumiu, para atuais R$ 5,6 bilhões mensais. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Os militares fizeram sua parte, cortando 46 mil postos e fixando o atual contingente de 340 mil homens e mulheres. Também não adiantou.
De acordo com a Transparência, em maio de 2016 os 386 mil militares custavam R$1,4 bilhão/mês. Os 340 mil atuais custam R$1,55 bilhão.
Quando Michel Temer assumiu, há dez meses, os militares tinham média salarial de R$3,6 mil mensais. Atualmente, a média é R$4,5 mil.

Informações Diário do Poder

quinta-feira, 30 de março de 2017

Sistema do Pirangi amplia abastecimento de água no Agreste

Reforçando a meta prioritária do Governo de Pernambuco de investir em obras hídricas para ampliar o abastecimento de água e minimizar os efeitos da estiagem, o governador Paulo Câmara inaugurou, nesta quinta-feira (30.03), o Sistema Adutor de Pirangi. Com um investimento de R$ 60 milhões, o novo equipamento vai melhorar o abastecimento de água no município de Caruaru e região. O chefe do Executivo estadual autorizou, ainda, por meio da assinatura de Ordem de Serviço, mais R$ 2,6 milhões para a troca do conjunto motor-bomba do Sistema. Ao todo, as ações beneficiarão 800 mil moradores de nove cidades.
"O Sistema Adutor de Pirangi vai melhorar o abastecimento e minimizar o sofrimento da população do Agreste, que já enfrenta uma seca de seis anos. Além disso, a obra ajudará a preservar o Rio do Prata. O que queremos com essas medidas é que, em breve, o Agreste pernambucano tenha mais água nas torneiras", afirmou Paulo Câmara, pontuando que o investimento em obras hídricas continuará sendo uma prioridade do Governo de Pernambuco. "Vamos continuar priorizando o abastecimento de água e o saneamento, pois saneamento é uma questão de saúde pública. O sofrimento da população na questão hídrica tem que ser a prioridade maior no Estado brasileiro", destacou.
Além de Caruaru, o Sistema Adutor de Pirangi também beneficiará as cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Agrestina, Altinho, Ibirajuba, Cachoeirinha, Toritama, Riacho das Almas, Cumaru e Passira. A obra terá adução com 27 quilômetros (km) de extensão, dos quais 6km em tubos DN 700 milímetros (mm) e 21km em tubos DN 600 mm, duas estações elevatórias para vazões de 300 a 500 litros por segundo (l/s), alturas manométricas da ordem de 170 mca e potência dos motores de 900 cv.
A obra, parceria entre o Governo de Pernambuco, a Compesa e o Banco Mundial, foi a alternativa encontrada para socorrer as cidades do Agreste, captando água na Zona da Mata Sul. Isso porque a Barragem do Prata, localizada no município de Bonito e responsável pelo abastecimento de água de cidades da região, está com apenas  15% da sua capacidade.
A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, agradeceu ao governador Paulo Câmara pelo novo equipamento. "Hoje, a partir dessa inauguração, vamos poder preservar um pouco o Prata e permitir que ele possa se restabelecer. Muito obrigada em nome de todos do Agreste", afirmou. "Sei do esforço deste governo na priorização das adutoras, mas precisamos correr atrás do Governo Federal para dar andamento à Adutora do Agreste", ressaltou.
Presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, explicou que a medida vai explorar menos a Barragem do Rio Prata. "Nesse primeiro momento, vamos economizar as águas do Prata, trazendo de Pirangi. A ação vai beneficiar nove cidades e vai minimizar os impactos da pior seca que já vimos em Pernambuco", afirmou. Tavares esclareceu, ainda, que a troca de motor-bomba vai aumentar a vazão para abastecimento dos nove municípios.

Magno Martins

Juiz Sérgio Moro condena Eduardo Cunha a 15 anos de prisão

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato na primeira instância, em Curitiba, condenou, há pouco, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a quinze e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas. O processo se refere ao recebimento de propina na compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobras, em 2011. Preso desde outubro de 2016, Cunha é acusado de ter escondido 1,5 milhão de dólares em contas na Suíça.
O caso está nas mãos de Moro desde setembro do ano passado, quando o ministro falecido do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki encaminhou o processo à Justiça de primeiro grau após Cunha ser cassado no plenário da Câmara dos Deputados.

Veja Online

Governo de Pernambuco entrega Sistema Adutor de Pirangi

Hoje à tarde, o governador Paulo Câmara inaugura o Sistema Adutor de Pirangi, no município de Caruaru. A ação vai melhorar o abastecimento de água da Região, beneficiando 800 mil moradores de nove cidades. A iniciativa ainda preservará a Barragem do Prata, localizada no município de Bonito, que está com apenas 15% da sua capacidade e é responsável pelo abastecimento de água de cidades do Agreste, entre elas, Caruaru. 

Fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e o Banco Mundial, a obra recebeu um investimento de R$ 60 milhões.

Informações Magno Martins / Foto: Mário Flávio

Paulo Câmara e João Lyra Neto 'cara a cara' hoje em Caruaru

O governador Paulo Câmara volta a Caruaru nesta quinta-feira (30). Pela manhã, por volta de 9h30 o socialista inaugura a Escola Técnica Estadual (ETE) Ministro Fernando Lyra, que fica localizada na BR-232. Em seguida, Câmara vai até a sede da Tv Asa Branca, onde concede entrevista aos jornalistas Almir Vilanova e Renata Torres, âncoras do ABTV 1ª Edição.
A tarde o governador parte para uma nova inauguração. Ainda em Caruaru ele inaugura o Sistema Adutor de Pirangi, também no município de Caruaru. A ação vai melhorar o abastecimento de água da Região, beneficiando 800 mil moradores de nove cidades.
O governador Paulo Câmara estará “cara a cara” com a prefeita Raquel Lyra (PSDB) para inauguração. Será também seu 1º encontro com o antecessor, João Lyra Neto, na cidade, após o rompimento deste com a Frente Popular.
Lyra trabalha abertamente para criar uma frente forte de oposição ao governo atual. Recentemente ele se encontrou com o senador Armando Monteiro e o ministro Bruno Araújo, dois possíveis adversários de Paulo Câmara em 2018. João Lyra quer disputar o senado ano que vem.
Informações Mário Flávio

Governo corta R$ 42 bilhões em gastos e garante que não haverá aumento de impostos

Os ministros Henrique Meirelles (Fazenda) e Dyogo Oliveira (Planejamento) anunciaram corte de R$ 42,1 bilhões em gastos do governo para tentar atingir a meta de déficit de R$ 139 bilhões para 2017. A decisão veio após a verificação de um rombo adicional de R$ 58,2 bilhões, o que elevaria o déficit para R$ 197 bilhões este ano. A boa notícia foi que o fim da desoneração da folha de pagamento deve gerar R$ 4,8 bilhões e isso possibilitou não aumentar impostos para a população.
O restante da diferença será coberta da seguinte forma: R$ 10,1 bilhões virão do leilão de usinas hidrelétricas cujas concessões foram devolvidas à União e R$ 1,2 bilhão, do fim da isenção de Imposto sobre Operações Financeiras para cooperativas de crédito.
O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) terá um corte de R$ 10,5 bilhões, tendo orçamento reduzido para R$ 26,6 bilhões. Além dos cortes no PAC, os demais órgãos do governo sofrerão contingenciamento de R$ 20,1 bilhões, dos quais quase a totalidade em despesas de custeio (manutenção da máquina pública). Segundo os ministros, o contingenciamento não altera investimentos em Saúde e Educação, sendo respeitado os investimentos previstos na Constituição.
Emendas
O contingenciamento será completado da seguinte forma: as emendas impositivas (obrigatórias) sofrerão corte de R$ 5,4 bilhões. O contingenciamento é linear, atingindo todas as emendas na mesma proporção, conforme a Constituição. Serão cortadas ainda R$ 5,5 bilhões de emendas não obrigatórias incluídas durante a tramitação do Orçamento no Congresso Nacional.
Os demais Poderes, Legislativo e Judiciário, e o Ministério Público sofrerão corte de R$ 580 milhões.

Do Diário do Poder

Prefeito de Santa Maria do Cambucá é multado por irregularidades, diz TCE

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco multou nesta quarta-feira (29) o prefeito da cidade de Santa Maria do Cambucá, Alex Robevan (PSB), foi multado por irregularidades em contratação e pagamento de serviços de transporte escolar no município, no ano de 2013.

A decisão foi baseada no parecer do conselheiro substituto e relator Marcos Nóbrega, em substituição a Marcos Loreto, após denúncia protocolada no TCE e analisada pela equipe de auditoria. Procurada, a prefeitura não quis se pronunciar sobre o assunto.
De acordo com a denúncia, a prefeitura contratou e pagou serviços de transporte escolar para alunos da rede pública, e de locação de veículos destinados às secretarias municipais, com preços superfaturados, no valor total de R$ 133.567,20.
Ainda segundo o TCE, existem referências de problemas com contratação irregular de atrações artísticas e ausência da planilha de composição de preços unitários nos processos de contratação. A denúncia foi julgada procedente pela Segunda Câmara do TCE.
Além do pagamento de multa, o relator do processo determinou também imputação de débito ao prefeito, de forma solidária com uma empresa de locações, no valor de R$ 133.567,20, que deverá ser atualizado monetariamente.
Ficou determinado ainda que o gestor, ou quem vier a sucedê-lo, adote medidas para evitar esse tipo de problema. O voto do relator foi aprovado por unanimidade na sessão, que teve como representante do Ministério Público de Contas, o procurador Gilmar Lima.

Do G1/Caruaru e região

Pensando em 2018 Governador Paulo Câmara anuncia o FEM 3

Imagem relacionada
Ao prestigiar a posse do prefeito de Afogados da Ingazeira na presidência da Amupe, terça-feira passada, no Recife, o governador Paulo Câmara (PSB) garantiu que, apesar de todas as dificuldades que o Estado enfrenta de caixa devido à crise nacional, o 3º FEM – o fundo emergencial de socorro aos municípios – sairá, mas somente em 2018. 

Paulo Ressaltou que a sua equipe está fazendo reformulações no programa e que os prefeitos que já tenham prestado contas do FEM 2 serão os primeiros beneficiados.

Magno Martins

Governadores de 7 estados do NE escrevem carta ao Governo Federal


Encontro de Governadores aconteceu em Fortaleza (CE)

Governadores de sete estados brasileiros enviaram uma carta ao Governo Federal na qual resumem um debate que incluiu as situações fiscal, previdenciária e social que abatem os estados do Nordeste. O documento é assinado pelos governadores Paulo Câmara (PE), Camilo Santana (CE), Robinson Faria (RN), Ricardo Coutinho (PB), Wellington Dias (PI), Renan Filho (AL) e Belivaldo Chagas (SE).

Eles estiveram reunidos nesta quarta (29), em Fortaleza (CE), e o debate levantou a necessidade de se discutir o “déficit da Previdência” para que a busca por uma solução não onere pobres e mulheres.

O grupo, embora concorde com a “necessidade de implantar medidas para reformar a Previdência brasileira”, defende que é preciso fazê-lo “preservando a cidadania, o bem-estar social, protegendo especialmente os trabalhadores rurais, as mulheres e o acesso aos Benefícios de Prestação Continuada (BPC)”. 

No encontro, foi apresentada proposta que, segundo eles, consegue equilibrar a Previdência dos Estados e, ao mesmo tempo, minimizar o grave problema fiscal do pacto federativo brasileiro. Todos os Governadores presentes firmaram um pacto em defesa da redistribuição das “contribuições sociais” - PIS, Cofins, CSLL - com estados e municípios. É uma saída plenamente possível e responsável que reequilibra as contas públicas dos estados nordestinos e possibilitará a retomada imediata de investimentos públicos. Nos últimos 50 anos houve uma redução de 40% na participação dos estados do chamado “bolo tributário”. A Constituição de 1988 descentralizou despesas – saúde, segurança e educação, principalmente –, porém manteve a concentração da receita na União. O processo de aumento de impostos no Brasil – tão criticado por vários setores da sociedade – se deu nas chamadas contribuições sociais, que não são repartidas com estados e municípios. Agora, é o momento oportuno para construir uma proposta que promova o desenvolvimento sustentável e inclusivo. 

Além desses dois pontos centrais, foram elencados como matéria importante para o Governo Federal deliberar imediatamente: 

a) A obtenção imediata do alongamento das dívidas do BNDES sem diferenciação de fontes, incorporando todas as linhas de financiamento;

b) Liberação dos empréstimos já autorizados em 2016;

c) A convalidação dos incentivos fiscais, fazendo a transição para um sistema que acelere o crescimento econômico das regiões Norte-Nordeste;

d) Apoio à Emenda Constitucional que autoriza a securitização da Dívida Ativa do setor público brasileiro;

e) O não contingenciamento das obras hídricas no orçamento do Governo Federal; 

f) Ampliar as fontes de financiamento à saúde, assegurando aos menos favorecidos o direito garantido pela Constituição Federal; 

g) Liberação da bolsa estiagem e também a suspensão dos pagamentos das dívidas dos agricultores afetados pela seca; 

h) Garantir a imediata realização dos leilões de energia solar e eólica suspensos em dezembro de 2016, e apoio a projeto para partilha das receitas de Energias Renováveis beneficiando estado e município da origem da energia; 

Os governadores entendem que essas medidas são essenciais para a retomada rápida do processo de geração de emprego e redução das desigualdades no Nordeste.



Informações Folha de PE

quarta-feira, 29 de março de 2017

Suspeito de participar de explosões em caixas eletrônicos de Santa Cruz e Jataúba é preso

Imagem cedida pela Polícia Civil
Nesta quarta-feira (29) um homem foi preso sob a suspeita de integrar uma quadrilha que realizava assaltos a bancos. De acordo com as informações da Polícia Civil, José Antônio da Costa Pereira (36 anos) foi preso em Caruaru. O mandado de prisão foi expedido pela Vara Criminal de Macaparana e cumpridos por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos.
Segundo a polícia, o homem teria participado de diversas ações criminosas nas cidades de Panelas (em novembro de 2016); ao Banco do Brasil de Jataúba (em outubro de 2016) e também ao Banco do Brasil de Serra Branca-PB, esta em março de 2016.
Há também a suspeita de que ele seja um dos integrantes de quadrilha que fez o segundo ataque a caixas eletrônicos no Moda Center. Após a prisão, ele foi levado ao presídio do Cotel em Abreu e Lima, região metropolitana de Recife.

Informações Ney Lima

MPE pede cassação de Temer e inelegibilidade de Dilma

Resultado de imagem para dilma-temer
O Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a cassação do presidente Michel Temer (PMDB) e a inelegibilidade da presidente cassada Dilma Rousseff (PT), segundo fontes que acompanham as investigações. A manifestação da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), mantida sob sigilo, foi encaminhada na noite desta terça-feira ao TSE.
O julgamento da ação que apura se a chapa Dilma-Temer cometeu abuso de poder político e econômico para se reeleger em 2014 foi marcado para começar na manhã da próxima terça-feira. O TSE dedicará quatro sessões da semana que vem – duas extraordinárias e duas ordinárias – para se debruçar sobre o caso, que poderá levar à cassação de Temer e à convocação de eleições indiretas.
Se os ministros do TSE seguirem o entendimento da PGE – ou seja, cassarem Temer, mas o deixarem elegível –, ele poderia concorrer numa eleição indireta. A defesa de Temer informou que só se manifestará sobre o parecer no julgamento. A defesa de Dilma não se manifestou.

Informações Veja Online

Formandos Unopar Santa Cruz recebem homenagens e diplomas em grande cerimônia de Colação de Grau

Fotos: Clebson Benevides / Divulgação
No último sábado (25) a Unopar Santa Cruz realizou mais uma cerimônia de colação de grau, evento este que aconteceu no Rota do Mar Club. No evento, cerca de 100 formando dos cursos de graduação em Administração, Ciências Contábeis, Pedagogia e Serviço Social terminaram mais uma etapa de sua aprimoração rumo ao mercado de trabalho.
A cerimônia contou também com as presenças de familiares dos formandos, da Secretária Executiva de Educação Claudenice Dias e também a equipe da instituição, além do cerimonial com o radialista Silvio José e a blogueira Nedja Alves.
Na colação, também não faltaram homenagens, tanto aquelas feitas pelos formandos como também pela equipe Unopar Santa Cruz. Entre elas estão para os três alunos surdos que também receberam seus diplomas e a homenagem póstuma à aluna Nara Raquel Ferreira da Costa (estudante do curso de Pedagogia).
Quanto aos surdos, o juramento foi feito, em libras, pelo formando Edson Flávio e com interpretação da também formanda Silândia Araújo. Vale destacar que a Unopar faz a entrega dos diplomas no dia da colação onde, em outras instituições, o processo para emissão dos mesmos pode demorar até dois anos.

Informações da Assessoria

Municípios pernambucanos recebem recursos do Fundeb nesta quarta

O Ministério da Educação distribui a partir desta quarta-feira, 29, os R$ 48,8 milhões referentes à parcela de março da complementação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O dinheiro, repassado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), estará nas contas correntes dos estados e municípios beneficiários. “Antes este valor só seria pago abril de 2018, mas Como se trata de recursos para complementação do pagamento do salário do professor, que é devido mensalmente, essa prática de pagamento adotada no passado vinha causando sérios transtornos ao caixa dos estados e municípios, que vêm enfrentando dificuldades para honrar o pagamento da folha de salário dos professores”, afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho.
No total foram repassados para todos os nove estados que dependem da complementação do Fundeb R$ 918,97 milhões. Desses, R$ 43,93 milhões serão usados para completar o piso do magistério, conforme compromisso assumido pelo governo federal de antecipar os repasses. Até 2015, eles eram feitos somente no ano seguinte. Para 2017, as regras mudaram: os pagamentos serão realizados mensalmente até dezembro, no mesmo período de referência.
As medidas de incentivo aos professores incluem, ainda, o aumento de 7,64% no piso, representando um incremento de 1,35% acima da inflação acumulada em 2016 – de 6,29%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA). Hoje o piso nacional do magistério é de R$ 2.298,80, para os que cumprem carga horária mínima de 40 horas semanais e que tenham formação em nível médio (modalidade curso normal).
Fundeb – Pela Lei 11.494/2007, que regulamenta o fundo, a União deve repassar a complementação aos entes federados que não alcançam com a própria arrecadação o valor mínimo nacional por aluno, estabelecido anualmente. Atualmente, ele é de R$ 2.875,03. Entre os estados, são nove os atendidos: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí.
O Fundeb é a principal fonte de financiamento da educação básica pública no país, formado por percentuais de diversos tributos e transferências constitucionais. São exemplos, os impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).
Informações Edmar Lyra

Dias Contados; João Paulo está com os dois pés fora do PT

Resultado de imagem para joão paulo recife
Vereador, deputado estadual, deputado federal, prefeito do Recife e candidato a senador, a história de João Paulo se confunde com a do PT, quando ele se tornou uma das maiores lideranças populares de Pernambuco. Apesar de ter sido eleitoralmente bem sucedido, João Paulo sempre foi coadjuvante para o comando estadual e nacional do partido, perdendo lugar para Humberto Costa que sempre disputou as melhores eleições e venceu apenas uma para o Senado em 2010, perdendo todas as outras majoritárias que disputou.
Nas eleições de 2016, após já ter ido para o sacrifício em 2014, João Paulo disputou a prefeitura do Recife e não teve qualquer apoio do diretório nacional do PT, que o deixou à míngua mesmo ele tendo o melhor desempenho de todos os candidatos do partido a prefeitos de capitais. Circula nos bastidores que não chegou um único centavo do diretório nacional para bancar sua campanha, fazendo com que o petista ficasse com uma dívida de campanha de R$ 1,6 milhão.
Insatisfeito com o PT, João Paulo estabeleceu diálogo com o deputado estadual Silvio Costa Filho, que foi candidato a vice-prefeito na sua chapa em 2016, e foi se distanciando do PT cada vez mais. Além disso teve reuniões com o governador Paulo Câmara e outros atores políticos para tratar do seu futuro eleitoral. Chegou a ser convidado para assumir um cargo no governo Michel Temer com atribuições voltadas para o Nordeste, mas avaliou que essa guinada política poderia não ser bem interpretada pelos seus eleitores, portanto acabou abortando esse projeto.
Mas o diálogo com o governador Paulo Câmara continuou e há quem diga que ele pode ser candidato a senador ou a deputado federal na chapa de reeleição do governador por um partido da Frente Popular. Independentemente do destino que o ex-prefeito do Recife tomará, uma coisa está sacramentada: ele não continua mais no PT. O anúncio oficial, segundo fontes ligadas a João Paulo, deverá ocorrer no próximo dia 10 de abril.
Blog do Edmar Lyra

PM's colidem em piquet de circo durante perseguição policial em Jataúba

Na noite desta terça-feira (28), aconteceu na cidade de Jataúba mais uma perseguição policial digna de filmes de ação, ao ser abordado um elemento em uma motocicleta desobedeceu à ordem da polícia e empreendeu fuga, na perseguição a viatura da PM bateu em um piquet de um circo que está sendo montado as margens da PE-160 no perímetro urbano, com a colisão um pneu foi estourado, bem como a parte frontal da mesma.

Além da PM, os guardas comunitários também participaram da ação, infelizmente o que foi constatado mais uma vez são as péssimas condições da viatura que, diga-se de passagem, é a única da cidade, com o acidente o elemento conseguiu fugir.




Agreste No Ar / Portal do Agreste


Na Amupe Paulo Câmara mostra sinais que vai para a reeleição

Resultado de imagem para discurso de paulo camara na amupe

O governador Paulo Câmara prestigiou, nesta terça-feira (28), solenidade em comemoração aos 50 anos da fundação da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), quando os membros da nova diretoria – eleita no último dia 15 de fevereiro – foram empossados.
A cerimônia, realizada na sede da entidade, no bairro de Jardim São Paulo, no Recife, reconduziu o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, ao cargo de presidente da Amupe. Na ocasião, também foram empossados a vice-presidente, Ana Célia, e o tesoureiro João Batista.
“Sei a importância de estarmos juntos e a Amupe tem o papel fundamental para que a superação dos desafios seja feita de maneira conjunta, colaborativa em favor de Pernambuco, que tanto precisa de nós. Eu digo e repito: a questão da unidade entre Estado e municípios é fundamental. Então contem com o Governo do Estado”, cravou Paulo Câmara.
Sobre os 50 anos da Amupe, o chefe do Executivo estadual destacou a importância da entidade desde que foi criada. “Surgiu em um período difícil pelo que passava o Brasil, mas foi importante, já naquele tempo, a consciência dos prefeitos e prefeitas da necessidade de unidade em torno dos interesses comuns e na busca de que os municípios pudessem andar com as próprias pernas”, afirmou.
José Patriota anunciou que, para este novo mandato, a entidade desenhou um novo formato de gestão: agora, o trabalho em prol dos municípios será feito por meio de grupos e temas. “Estamos implementando uma nova maneira de trabalho para que todos os temas e demandas sejam trabalhados nos debates e articulações com o Congresso Nacional, de forma que haja uma construção coletiva”, explicou.
A Associação Municipalista de Pernambuco foi criada em 1967, durante o regime militar. A entidade, que, atualmente, conta com 171 municípios filiados, tem como causa principal o fortalecimento das cidades pernambucanas, sobretudo, no que diz respeito à busca de administrações municipais mais eficazes.
Informações Mário Flávio

Em Pernambuco, redução da tarifa de enérgia elétrica será de 15,31%, o que corresponde a R$ 6,75 por kWh a partir de abril

Nordeste teve 1,8% de aumento no consumo de energia elétrica no período
Em abril, os consumidores de energia elétrica terão um desconto na tarifa, por causa da devolução dos valores cobrados a mais no ano passado. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (28) o processo extraordinário de ajuste nas tarifas de 90 distribuidoras do país. Os percentuais de redução na tarifa que será aplicada em abril variam de 0,95% a 19,47%.

Em Pernambuco, a redução tarifária, desconsiderando os tributos, será de R$ 6,75 a cada 100 kWh consumido no mês de abril, o que equivale a uma redução média de 15,31% para os consumidores residenciais, segundo informou a Companhia Elétrica de Pernambuco (Celpe).
A devolução vai acontecer porque o custo da energia proveniente da termelétrica de Angra 3 foi incluído nas tarifas do ano passado, mas a energia não chegou a ser usada porque a usina não entrou em operação. O valor total a ser devolvido será de R$ 900 milhões.
Anteriormente, a Aneel havia dito que o valor da devolução poderia chegar a R$ 1,8 bilhão, mas o cálculo foi reduzido porque nem todas as distribuidoras haviam cobrado os valores a mais em 2016, já que o montante foi incluído no processo de reajuste de cada concessionária, de acordo com o seu aniversário tarifário.

Como será a devoluçãoO procedimento de devolução dos recursos terá duas etapas. Na primeira, durante o mês de abril, a tarifa será reduzida para reverter os valores de Angra 3 incluídos desde o processo tarifário anterior e, ao mesmo tempo, deixará de considerar o custo futuro do Encargo de Energia de Reserva (EER) desta usina.

Na segunda etapa, que começa em 1º de maio e permanece até o próximo processo tarifário de cada distribuidora, a tarifa apenas deixará de incluir o EER de Angra 3.

A Aneel também determinou que as distribuidoras incluam um texto padronizado nas faturas de abril e maio de 2017 para informar aos consumidores sobre o processo de ajuste. As concessionárias também devem utilizar outros meios de comunicação para divulgar o movimento tarifário.
Informações Folha de PE

TCU cobra R$ 59 milhões por fraude no leite

Resultado de imagem para leite da paraíba
O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu exigir o ressarcimento de R$ 59 milhões aos cofres públicos, desvios e multas, dos envolvidos na “fraude generalizada” do programa “Leite da Paraíba” do governo estadual. Para o relator do caso, ministro Bruno Dantas, a defesa não foi capaz de explicar irregularidades em 28 casos. Gilmar Aureliano de Lima e Antônia Navarro Braga, da Fundação de Ação Comunitária e empresas enroladas terão de devolver todo esse dinheiro. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Entre os absurdos verificados pelo TCU está a adição de água e até soda cáustica na composição do leite distribuído a crianças e idosos.
Os R$ 49,6 milhões a serem devolvidos e os R$ 9,3 milhões em multas se referem aos 28 processos já julgados pelo TCU. Há mais oito na fila.
Gilmar Aureliano de Lima foi condenado em todas as 17 ações julgadas essa semana. Antônia Navarro Braga aparece em “apenas” 14 delas.

Informações Diário do Poder

Em Santa Cruz – Prédio do hospital de Dr. Nanau é alugado por R$ 18,8 mil para instalação de secretaria do Governo Vieira

Foi publicado nesta terça-feira (28), no Diário Oficial de Pernambuco, o processo por parte da Prefeitura Municipal de Santa Cruz para o novo contrato de aluguel relativo ao prédio do antigo Hospital Materno Infantil.
Com a inauguração da UPA 24h, o prédio havia sido devolvido ao seu proprietário, o vereador governista Dr. Nanau (PSDB), fato que concentrou todo o atendimento médico de urgência adulto e infantil no prédio da UPA.
De acordo com o documento publicado, o prédio foi alugado para que seja instalada a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Município (antiga Secretaria de Serviços Públicos), ao valor de R$ 18.800,00.
Prefeitura alega equívoco no Diário Oficial e corrige valor de aluguel para R$ 15 mil
A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe respondeu, através de nota, sobre os valores que serão pagos pelo aluguel do prédio, onde funcionava o Materno Infantil, no Bairro Dona Dom. O espaço é popularmente conhecido como ‘Hospital de Dr. Nanau’, onde funcionará, em breve, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano.
De acordo com a nota, ‘houve um equívoco nos números apresentados’, e que os R$18.800,00 representa uma avaliação feita por um especialista do segmento imobiliário, mas que o valor efetivamente pago será de R$ 15 mil.

Nota de Esclarecimento

A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe vem esclarecer sobre matéria veiculada neste meio de comunicação. O fato é que na publicação do Diário Oficial do Estado houve um equívoco nos números apresentados, porque foi divulgado o montante de R$ 18,8 mil, valor este que representa na verdade a avaliação feita por um especialista do segmento imobiliário, esta informação será retificada em nova edição do Diário Oficial. O total que será pago pela prefeitura é de R$15 mil, ou seja  R$3,8 mil a menos do que foi avaliado pelo corretor. Inclusive a gestão buscou com a reforma administrativa economizar recursos com a fusão de pastas, procurando sempre fazer o máximo, com a menor despesa possível.
Com a locação do imóvel, o poder público municipal vai realizar uma economia de R$ 18 mil por mês. Com a extinção dos alugueis da Secretaria de Serviços Públicos (R$3 mil), Mobilidade Urbana (R$ 3 mil), garagem onde ficavam os veículos de grande porte da pasta de Serviços Públicos (R$ 1,5 mil), a não realização de novo contrato com a policlínica (que já está incorporada no novo contrato) vai gerar economia de mais R$ 3 mil, além de evitar a necessidade de contratar um novo local para a Central de Marcação, economia de R$ 3 mil, bem como a entrega do imóvel onde funciona a Secretaria Municipal de Saúde (economia de R$ 4,5 mil) que será realocada para o antigo prédio da prefeitura municipal na avenida Padre Zuzinha.
Reiteramos a preocupação da gestão em continuar os avanços, tratando a coisa pública com zelo e transparência, mesmo com a queda da arrecadação, e dos repasses de verbas, a prefeitura continua os investimentos que transformam a cidade num lugar melhor para se viver.

Informações Ney Lima

terça-feira, 28 de março de 2017

Jataubense Dr. Paulo Espynelle comemora marca de 18 anos de seu laboratório


Resultado de imagem para Paulo spynelle

A luta e a capacidade de sobreviver é uma das principais competências do ser humano e no Brasil a longevidade é uma conquista de nosso povo que bate recorde a cada ano. Poucas são as empresas brasileiras em todos os segmento que se orgulham em poder comemorar 18 anos de atividade contínua em uma cidade, onde tem toda credibilidade e respaldo de seus clientes da cidade e região.  

Nesta segunda-feira (27), uma das empresas mais relevantes do mercado Jataubense nas últimas décadas soprou as velinhas e completou 18 anos de existência. 
Laboratório DR. Paulo Spynelle, genuinamente Jataubense é a consagrada companhia que sobreviveu com muita paciência e boas ideias para virar uma marca tratada com muito carinho atualmente pelos Jataubenses e toda região, não só pela qualidade dos exames feitos pelo laboratório, mas também pela qualidade de atendimento, e a marca de união que existe entre a empresa e todo sua clientela.

''No dia 27/03/1999, com permissão de Deus, inaugurava o laboratório!  E lá foi mais um ano de trabalho duro, de altos e baixos, mas com muitas conquistas. Ser parte de uma empresa é como ter mais uma família; nos preocupamos com ela, cuidamos, e queremos vê-la melhorar cada vez mais.

A empresa em si somos todos nós, e por isso desejo que a união que nos apoia e nos faz crescer seja cada vez maior, fazendo com que cada vez mais pareçamos essa grande família, diferente, mas unida. 
Só tenho a agradecer a Deus, família, colaboradores, requisitantes, pacientes e a toda população da região! São 18 anos de um empreendimento, sempre em expansão e com muito sucesso. Agradeço à Deus por tal!'' falou o competente e dedicado Dr. Paulo Spynelle.

Queremos compartilhar com você Paulo Spynelle a grande alegria e o prazer desta comemoração. Você também é parte de nossa história e gostaríamos que aceitasse essa simples homenagem de todos aqueles que fazem a emissora de Rádio Jataúba FM, e os Blogs Portal do Agreste e Agreste no Ar, pela sua visão de parceira existente nesses últimos anos.

''Parabéns ao Laboratório de Analise Dr. Paulo Spynelle''


Portal do Agreste / Agreste no Ar / Rádio Jataúba FM

Frente das emendas impositivas será votada hoje na Alepe

Resultado de imagem para alepe
Proposta pela deputada estadual Socorro Pimentel (PSL), a Frente Parlamentar de Acompanhamento às Emendas Impositivas será votada, na tarde de hoje, no plenário da Assembleia Legislativa, após ter sido retirada de pauta por duas vezes a pedido da Bancada do Governo.
De acordo com a parlamentar, a proposta é que essa Frente, suprapartidária¸ seja instalada na Alepe com a finalidade de acompanhar o trâmite e promover a liberação das emendas junto ao Poder Executivo, mas que aceitará de maneira cordial a decisão da maioria: “Aceito de forma tranquila qualquer resultado, mas faço questão de ressaltar que o funcionamento da Frente irá dignificar a atuação da Alepe e colaborar de forma significativa para o equilíbrio e manutenção da isonomia entre os Poderes; o respeito ao papel dos parlamentares; e, acima de tudo, garantiria à transparência das ações dos agentes públicos”, disse.
No ano passado, o valor consignado no orçamento para cada deputado estadual foi de 1 milhão e 430 mil reais e segundo dados apresentados pela deputada Socorro Pimentel, nenhum dos 49 deputados teve 100% das suas emendas executadas.
Socorro Pimentel ainda ressaltou que esses recursos integram o denominado “Orçamento Impositivo”, destinados a projetos, obras ou serviços em áreas como saúde, educação e recursos hídricos, que é de execução obrigatória pelo Poder Executivo, e não têm sido liberados: “Em 2016, nenhuma das nossas emendas foi executada totalmente. No meu caso, até hoje, o que temos como justificativa são as informações colhidas de servidores, que ratificam a postura centralizadora e tirana da Secretaria da Casa Civil, com o apoio do Governador. 
"Tenho minha consciência tranquila, destinei os valores que me cabem à implantação de uma UTI no Hospital e Maternidade Santa Maria, construção de abatedouros, aquisição de 02 tratores para associações de pequenos produtores rurais, instalação de bicicletário na Casa do Estudante de Pernambuco, perfuração de poços nas zonas rurais de municípios sertanejos, recuperação de açudes, à Fundação Altino Ventura, aquisição de computadores para Escola da Agrovila de Orocó e para um projeto de reciclagem em unidades prisionais”, afirmou.

Informações Magno Martins

Em Caruaru Raquel aumenta custo com pessoal e Ministério Público questiona

Foi publicado, hoje, no Diário Oficial do Ministério Público de Pernambuco, uma recomendação à prefeita de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, Raquel Lyra. A intenção é que ela promova a edição de ato normativo que estabeleça critérios objetivos para a nomeação dos cargos comissionados, especialmente o requisito de escolaridade para investidura, lotação e descrição das atividades desempenhadas por cada um dos 523 cargos da nova Lei da Reforma Administrativa.
A reportagem entrou em contato com a secretaria de imprensa da prefeitura de Caruaru, mas até o momento não foi enviada nenhuma resposta. De acordo com o MPPE, a publicação da Lei criando 523 cargos em comissão de livre nomeação e nenhum cargo efetivo, aumenta a despesa de pessoal do município, contrariamente ao que se propunha, em janeiro de 2017, recomendação à prefeita Raquel Lyra.
Para o promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Caruaru, Marcus Tieppo, o Poder Executivo poderia extinguir os cargos em comissão desnecessários, prescindindo de lei para tal, caso este fosse o interesse da Administração Municipal em diminuir a despesa com pessoal.
O que se observou, segundo o MPPE, com a publicação da nova Lei, foi um aumento da despesa pública, com substancial aumento dos salários dos comissionados e “a gravíssima situação decorrente da criação de cargos comissionados de gerente, coordenadores, assistentes e assessores sem qualquer descrição de suas atividades, dos elementos ensejadores de suas necessidades individuais, ou até mesmo do pré-requisito para a investidura”, diz o texto.
Para o MP, diminuiu o número de cargos em comissão, mas aumentou os salários de um jeito que elevou a despesa com o pessoal. “A forma em que a Lei Municipal n°5.843/2017 foi redigida se torna impossível mensurar a necessidade de tal força de trabalho e mesmo as atividades que os cargos criados desempenharão no município, constituindo tal norma, de forma que se apresenta, em verdadeiro cheque em branco para a Administração”, destacou Tieppo nas considerações da recomendação.
Recomenda-se ainda que a gestora municipal deve garantir a ampla publicidade da medida contida na recomendação, na Administração Direta e Indireta Municipal, a fim de dar ciência aos servidores. A prefeita Raquel Lyra tem 10 dias para informar ao MPPE se acata ou não a recomendação, remetendo cópia de todos os atos administrativos e das providências tomadas para o fiel cumprimento.

Do G1/Caruaru

João Dória diz que Ciro Gomes perdeu o juízo

A saúde mental do ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) voltou a ser mencionada e, desta vez por João Dória Jr. (PSDB). O prefeito de São Paulo reagiu à metralhadora giratória do político cearense, que esta semana ameaçou receber “na bala” a “turma do Moro”, caso venha a ser alvo de mandado de prisão.
Dória acha que Ciro, que o chamou de “farsante”, “devia se preocupar é com o estado dele, primeiro o pessoal, de saúde mental, depois o Ceará, que é o Estado que ele representa". O prefeito é mais um político que se refere à crescente excitação do ex-ministro, com declarações públicas cada vez mais agressivas e desproporcionais.
O cearense, que tenta viabilizar sua candidatura presidencial, disse que Doria força uma imagem errada de "antipolítico", afirmando que ao chefiar a Embratur no governo Sarney, “saiu debaixo de muitas irregularidades no Tribunal de Contas da União e foi violentamente criticado por uma propaganda do turismo brasileiro com bundas de mulher na praia, estimulando claramente o turismo sexual”.
O prefeito lembrou uma declaração machista de Ciro em 2002, quando afirmou que sua mulher na época, atriz Patricia Pillar, tinha um dos papéis mais importantes na disputa: "Dormir comigo". Para Dória, o cearense Ciro “não é exatamente a pessoa mais indicada para falar das questões das mulheres, né? Ele tratou a esposa como tratou, não é exatamente uma pessoa que tem perfil e autoridade pra falar sobre isso.” 

Informações Diário do Poder

A hora da verdade no TSE

O ministro Herman Benjamin prometeu e cumpriu. Depois de dois anos, o processo que pode levar à cassação da chapa Dilma-Temer está pronto para ser julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral.
A conta pela demora não pode ser debitada ao ministro. Ele assumiu o caso há apenas seis meses, quando o cheiro de pizza já podia ser farejado a quilômetros de Brasília.
Em vez de saborear sua fatia, Benjamin devolveu o prato e foi ao trabalho. Colheu novas provas, encontrou fraudes em notas que já haviam sido aprovadas e decidiu ouvir pessoalmente os delatores da Odebrecht.
O esforço deu resultado. Os executivos destrincharam o funcionamento do caixa dois e confirmaram o elo entre o dinheiro da campanha e o pagamento por obras públicas.
Os depoimentos de Marcelo Odebrecht e Cláudio Melo Filho foram os mais comprometedores. O empreiteiro disse que Dilma sabia do caixa dois, e o lobista confirmou que Temer pediu pessoalmente o patrocínio da construtora. Segundo o relato, parte do dinheiro foi entregue em espécie a mando de Eliseu Padilha, principal ministro do novo regime.
Com a entrega do relatório de Benjamin, o TSE chega à hora da verdade. O tribunal terá que escolher entre julgar com independência ou se dobrar às pressões do governo.
A bola agora está nos pés do ministro Gilmar Mendes, que poderá levá-la à marca do pênalti ou chutá-la para o mato. Ele tem sido criticado pela proximidade excessiva com o Planalto e será cobrado para não adiar ainda mais o julgamento.
Uma nova demora será interpretada como manobra para proteger o governo e impedir o voto dos ministros Henrique Neves e Luciana Lóssio, que estão prestes a deixar a corte.
Depois o TSE terá que decidir se aceita o pedido do PMDB para dividir a chapa. Neste caso, a corte teria que rasgar sua jurisprudência em nome de uma tese exótica: os votos de Dilma valeram para eleger Temer, mas deixariam de valer para cassá-lo.

Bernardo Mello Franco - Folha de S.Paulo

Mulheres trabalham mais do que homens, diz Ipea

Trabalhadoras enfrentam dupla jornada e desigualdade salarial
A mulher trabalha 5,4 anos a mais do que o homem ao longo de cerca de 30 anos de vida laboral, segundo simulação do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O trabalho extra é resultado dos afazeres domésticos. O cálculo foi feito a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014, do IBGE. 
De acordo com o Ipea, nesse período de aproximadamente 30 anos, as mulheres somam, em média, 22,4 anos de contribuição para a Previdência Social. Um total de 44,4% das mulheres às quais foram concedidas aposentadorias em 2014 atingiram até 20 anos de contribuição.
A pesquisadora do Ipea Joana Mostafá explica que essas informações foram obtidas por meio de uma parceria que possibilitou o acesso a microdados do extinto Ministério da Previdência Social, atualmente Secretaria da Previdência Social, vinculada ao Ministério da Fazenda.
Segundo Joana, as interrupções na contribuição previdenciária feminina são causados por situações como desemprego, trabalho informal, afastamento do mercado de trabalho para cuidar dos filhos, entre outras. Com base nesse cenário, o Ipea lançou uma nota técnica na última semana na qual defende que as idades de aposentadoria de homens e mulheres devem ser diferentes.
“A princípio, a diferença [no sistema em vigor hoje, em que a mulher se aposenta cinco anos mais cedo que o homem] é justificada”, disse a pesquisadora. Atualmente, para se aposentar, o homem deve acumular 35 anos de contribuição e a mulher, 30. Há ainda a opção da aposentadoria por idade, que exige 15 anos de contribuição e idade de 65 anos para o homem e 60 anos para a mulher.
A PEC 287/2016, de reforma da Previdência, atualmente em discussão na Câmara dos Deputados, altera esse modelo e estabelece como condição para a aposentadoria no mínimo 65 anos de idade e 25 anos de contribuição para homens e mulheres. Um dos argumentos do governo para a mudança é que as mulheres vivem mais que os homens.
Segundo dados do IBGE, ao atingir os 65 anos, a mulher tem uma sobrevida 3,1 anos superior à do homem. Mas, para Joana Mostafá, usar a sobrevida como base para equiparação das aposentadorias está em desacordo com a função da Previdência. 

“O acordo da Previdência visa, entre outras coisas, compensar desigualdades do mercado de trabalho”, afirma. “Estamos falando da desigualdade ocupacional, da diferença de salários e da taxa de desemprego, que é maior entre as mulheres do que entre os homens. A mulher poderia contribuir mais [para a Previdência] se não fossem essas dificuldades”, afirma.
Informações Folha de PE