terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Posto inacabado da base do SAMU é o principal tema de mais uma reunião na câmara de vereadores de Jataúba-PE

Nesta segunda-feira 20 aconteceu na cidade de Jataúba mais uma reunião ordinária na câmara de vereadores, com um público pequeno na galeria talvez pelo fato do horário em que a mesma foi realizada, às 11 horas da manhã, os vereadores votaram o projeto cidade limpa vindo do poder executivo onde a bancada de situação composta por 6 vereadores votou a favor do projeto e a bancada de oposição que tem 5 vereadores votou contra, na tribuna o clima foi o mesmo das reuniões anteriores com muitas cobranças principalmente por parte dos vereadores oposicionistas.

Maviael (PSD) – O vereador fez duras críticas à gestão municipal, segundo ele são constantes no município os problemas com os esgotos estourados e reconheceu que a equipe que trabalha no setor tem se desdobrado e feito o que pode, no entanto culpou a gestão municipal pela falta de planejamento, Maviael disse que os calçamentos são importantes, porém, tem que se planejar e fazer também o saneamento para posteriormente não ter que quebrar tudo e refazer.

Mais uma vez ele teceu críticas ao portal da transparência do município que segundo ele é uma forma de enganar a população, para o vereador falta à discriminação dos gastos públicos e disse não entender como a justiça e o tribunal de contas aceita os dados como eles estão sendo apresentados. Maviael fez críticas quanto ao posto do SAMU, obra que se arrasta há alguns anos e ainda não foi concluída e disse que o atual gestor tem que procurar soluções e dá uma resposta a população, pois, segundo o vereador tá faltando interesse de resolver o problema, e disparou: “Se fosse um processo dele na justiça ele já teria arrumado advogado pra resolver, mas, como é algo de interesse do povo ele não está nem aí”, concluiu.

Maviael parabenizou o Vereador Veinho (PMDB) pela sua luta em busca de uma creche para o município e disse ser vergonhoso alguém passar 20 anos no poder e não conseguir uma creche para a cidade se referindo ao atual prefeito Antônio de Roque, por fim o vereador cobrou a Veinho que tenha postura e não fique só elogiando o prefeito, mas, que também cobre tudo aquilo que está errado dentro do município.

Zuza (PTB) – Zuza justificou o porquê ele e sua bancada votaram contra o projeto de lei vindo do executivo, segundo ele através desse projeto o gestor vai continuar contratando pessoas e não irá de forma alguma realizar um concurso público no município, segundo o vereador só na Vila do Jacú existem cerca de 25 pessoas contratadas pela prefeitura e considerou isso um absurdo, Zuza disse que irá fiscalizar as regras que foram aprovadas no projeto e se as mesmas não forem cumpridas ele e sua bancada vão está de consciência tranquila pelo fato de não terem votado em favor do mesmo.

Mais uma vez Zuza disse que o povo não tem que está agradecendo nada a político nenhum, pois, as obras que eles fazem não são mais do que sua obrigação e que os políticos é que tem de agradecer ao povo que os elege e paga os seus salários, e finalizou parabenizando ao vereador Veinho pela luta em busca de uma creche para o município.

Jackson Galego (PSB) – O vereador Jackson falou que nos próximos calçamentos que serão realizados vai tentar incluir também as obras de saneamento para se evitar posteriores transtornos, quanto às cobranças com relação ao posto do SAMU, disse que esse é um grande problema que está tramitando na justiça entre a empresa que realizou a obra e o ex-prefeito Sinaldo, segundo o vereador Sinaldo diz que pagou, porém, não tem as notas comprovando isso e a empresa diz que não recebeu, e disse: “Quanto a isso a justiça vai determinar, ou a empresa vai fazer o serviço que falta, ou o gestor (Sinaldo) vai devolver o dinheiro”, concluiu Galego.

Quanto ao projeto de lei vindo do executivo que foi aprovado Jackson disse: “Não estou muito a par dele ainda não, mas, votamos a favor, pois, através do mesmo ficará mais fácil de fiscalizar e teremos cada vez mais a nossa cidade limpa e bem cuidada”, concluiu.

Firoca (PTB) – O vereador Firoca cobrou do prefeito do município que seja feito uma limpeza na barragem da Luíza antes que comece o período de chuvas, quanto ao posto do SAMU disse que conversou com o chefe da empresa que realizou a obra e que o mesmo teria pedido para que ele falasse com o prefeito para resolver o problema, pois, o mesmo estaria pronto para negociar e pediu que se faça um esforço para resolver esse problema, pois, segundo Firoca a justiça é muito lenta e o problema pode continuar se arrastando por anos.

Veinho (PMDB) – Veinho falou sobre a expectativa quanto a construção de uma creche no município, segundo o vereador há anos vem lutando em busca desse sonho mesmo quando não tinha mandato, e disse que agora está perto de se tornar uma realidade e que irá calar muita gente que zombavam dizendo que não iria dar certo, segundo Veinho a construção da creche irá proporcionar mais qualidade de vida para as crianças e para as mães Jataubenses.

Os demais vereadores não fizeram uso da tribuna, a próxima reunião ficou marcada para a próxima quinta-feira dia 23 às 20 horas.


J. Silva / Agreste No Ar / Informações Ruy Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário