segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Fernando Bezerra Coelho empolga mais a classe política do que Bruno, Armando e Mendonça

Resultado de imagem para fernando bezerra coelho
Apesar de ser filiado ao PSB do governador Paulo Câmara, o senador Fernando Bezerra Coelho tem seu nome ventilado para disputar o governo em 2018, mas para isso ele só teria três caminhos: ficar no PSB e tomar o comando de Paulo Câmara, uma desistência do governador de disputar a reeleição, ou sair do PSB e se filiar a outra sigla.
Em qualquer dos cenários, Fernando tem sido muito mais palatável para alguns deputados estaduais e federais do que os ministros Bruno Araújo e Mendonça Filho e o senador Armando Monteiro para ocupar o Palácio do Campo das Princesas a partir de janeiro de 2019, e esse movimento tem se alastrado entre prefeitos de todo o estado.
Além de comandar Petrolina com Miguel Coelho, o senador Fernando Bezerra Coelho possui ótima relação com a prefeita de Caruaru Raquel Lyra e o ex-governador João Lyra Neto, e os prefeitos Anderson Ferreira (Jaboatão dos Guararapes) e Lula Cabral (Cabo de Santo Agostinho), além de centenas de vereadores espalhados por todo o estado que veem no senador aquele que mais se assemelha ao ex-governador Eduardo Campos na forma de fazer política.
Na ótica de um político do PSB que apoia a postulação do senador, Pernambuco carece de um líder arrojado que tenha capacidade de gestão e articulação política e Fernando seria o que mais preenche estes requisitos para ser o próximo ocupante do Palácio do Campo das Princesas, demonstrou isso quando emplacou Fernando Filho no ministério de Minas e Energia e elegeu Miguel Coelho em Petrolina, ambas conquistas viabilizadas no ano passado, que alçaram o senador a um tamanho ainda maior.
Recentemente Fernando conseguiu ser eleito por unanimidade o líder do PSB no Senado, o que permitirá uma maior visibilidade ao senador ao longo de 2017 para se cacifar para as eleições de 2018. Ele tem estabelecido diálogo constante com os ministros pernambucanos e principalmente com os prefeitos do estado, sendo um ancoradouro de queixosos com a postura do Palácio do Campo das Princesas, que tem abdicado da prerrogativa de exercer o poder que a caneta de governador oferece.
Salvo a ocorrência de um fato novo que o inviabilize politicamente, o senador Fernando Bezerra Coelho está com cara, jeito e atitudes de candidato a governador em 2018, e vai pra disputa com um único objetivo em mente: vencer a eleição e ser o novo líder de Pernambuco.
Informações Edmar Lyra

Nenhum comentário:

Postar um comentário