sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Em Campina Grande, Bolsonaro defende porte de arma no Brasil e manda recado ao MST

Acompanhado do seu filho, Eduardo Bolsonaro, e cercado por simpatizantes, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), declarado pré-candidato à Presidência da República em 2018, discursou após desembarque na tarde dessa quarta-feira (8) no Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, e defendeu o porte de arma para todos os cidadãos brasileiros.
O deputado passou boa parte do dia na cidade, onde proferiu palestra durante a noite.
Em sua fala improvisada, ainda no aeroporto, Bolsonaro criticou o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), disse que confia na polícia, mas que se for eleito vai permitir que as pessoas andem armadas para se defender.
– Nós confiamos na Polícia Militar, mas nós daremos porte e posse de arma para todo cidadão de bem brasileiro. Temos que ter o povo armado para defender a sua democracia e a sua liberdade – assegurou.
O parlamentar, conhecido por suas posições polêmicas, também mandou um recado para o MST, dizendo que, se chegar à Presidência, vai permitir que produtores rurais se armem para impedir ações dos manifestantes.
 – Quero dizer aqui para os marginais do MST que, para o agronegócio, para o produtor rural, nós vamos dar fuzil, porque cartão de visita de invasor é cartucho 247 – frisou.
Confira no vídeo como foi a chegada do deputado no aeroporto de Campina Grande:

Informações Paraíba Online / Foto: Leonardo Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário