terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

'Apoios X Delações' - Bruno Araújo fica entre a cruz e a espada

Resultado de imagem para alvaro porto e bruno araújo
Porto quer bombar Bruno– O deputado Álvaro Porto, da bancada do PSD na Assembleia Legislativa, convidou a bancada de oposição para um regabofe na casa dele, hoje à noite. O cardápio é bode assado, mas a sobremesa tem sabor eleitoral: 2018. Adepto da candidatura do ministro Bruno Araújo a governador, Porto já admite até virar tucano se o aliado conseguir unir o conjunto das oposições em torno seu nome para o Palácio do Campo das Princesas. Se isso ocorrer, as juras de fidelidade que Porto fez ao presidente estadual do PSD, André de Paula, viram letra morta.

Barbas de molho – A surpreendente declaração do presidente Temer, ontem, afirmando que afastará ministro que for denunciado na operação Lava Jato, gerou uma grande repercussão. O delator da Odebrecht Claudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht que relatou pagamento de propina ao presidente Michel Temer, foi homenageado em 2012 pelo atual ministro das Cidades, Bruno Araújo, quando ele era líder tucano na Câmara. Em seu acordo de delação, Melo Filho afirma que desenvolveu “uma boa relação profissional e pessoal” com o tucano, chegando a falar de “relação de amizade”.

Informações Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário