sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Mulher é presa por golpe em loja, horas após deixar cadeia usando tornozeleira

Mulher foi pres ao aplicar golpe usando tornozeleira (Foto: ReproduçãoTV Globo)
Policiais civis prenderam, na noite de quinta-feira (22), uma mulher suspeita de estelionato e falsidade ideológica. A fisioterapeuta de 37 anos responde a 24 processos criminais e havia sido condenada pelos mesmos tipos de crimes. Usando tornozeleira eletrônica, ela aproveitou a saída temporária para as festa de fim de ano e, horas depois de deixar a unidade prisional, tentou aplicar um golpe em uma loja de roupas na Zona Norte do Recife.

A captura foi feita por policiais da delegacia do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. De acordo com a Polícia Civil, ela tem 22 processos em Pernambuco e dois na Bahia. A suspeita saiu da cadeia na quinta-feira e deveria retornar na sexta (30).

A mulher entrou na loja e se apresentou como esposa de um médico. Com um cheque de outra pessoa, conseguiu fazer compras no valor de R$ 6.538. Depois que a mulher deixou o estabelecimento, no bairro do espinheiro, o dono da loja percebeu que tinha sido vítima do golpe.

Ele acionou a polícia, que localizou a suspeita e efetuou a prisão. A mulher já estava em outra loja, onde pretendia aplicar outro golpe. A fisioterapeuta foi autuada e será levada para a audiência de custódia.

Em novembro deste ano, foram registrados dois casos de prisão de pessoas que usaavam tornozeleiras eletrônicas. No dia 17, um homem foi flagrado em ação, na Zona Sul do Recife, horas depois de deixar a cadeia.

No dia 22, outro homem foi flagrado tentando roubar um celular de uma mulher, nas proximidades de uma faculdade particular na Avenida Abdias de Carvalho, no bairro da Madalena, na Zona Oeste. Ele também era monitorado pelas autoridades.

Informações G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário